Quem é Giovanni Quintella, anestesista preso em flagrante por estuprar grávida durante o parto; Veja o vídeo - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 11 de julho de 2022

Quem é Giovanni Quintella, anestesista preso em flagrante por estuprar grávida durante o parto; Veja o vídeo

 

Quem é Giovanni Quintella, anestesista preso em flagrante por estuprar grávida durante o parto; ele atuou em pelo menos 10 hospitais
Compartilhe:

Giovanni Quintella Bezerra, 32 anos, o anestesista preso em flagrante por estuprar uma grávida durante a cesariana, atuou em pelo menos 10 hospitais públicos e privados. O médico se formou em 2017 pelo Centro Universitário de Volta Redonda(UniFOA), no Sul Fluminense, e concluiu a especialização em anestesia no início de abril.

Vaidoso, postava fotos com vestimentas das unidades de saúde e chegou a publicar um “Vocês ainda vão ouvir falar de mim, esperem”. Em outra postagem, Giovanni afirmou fazer o que gosta: “Estou aqui colhendo os frutos”.


Vídeo da prisão e do abuso sexual em flagrante.


https://youtu.be/eMLacsUNMlw

Mas o comportamento estranho do médico chamou a atenção das mulheres da equipe do Hospital da Mulher Heloneida Studart, em Vilar dos Teles. Elas começaram a estranhar a quantidade de sedativo que o anestesista aplicava e a forma como ele se movimentava atrás do lençol que separava a equipe.

O médico demonstrou surpresa ao receber voz de prisão da delegada Bárbara Lomba e ao tomar conhecimento de que tinha sido gravado abusando da paciente. O anestesista foi indiciado por estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão. 

A direção do hospital informou que abriu uma sindicância interna e notificou o Cremerj.


Entidades reagem

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) abriu nesta segunda-feira (11) um processo para expulsar Giovanni. 

Clovis Bersot Munhoz, presidente do Cremerj, disse que “as cenas são absurdas”. 

A defesa do anestesista disse que aguarda acesso à íntegra dos depoimentos para se manifestar.

TBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário