Evento que nasceu em Gramado confirma edições na Europa em 2023 - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 22 de julho de 2022

Evento que nasceu em Gramado confirma edições na Europa em 2023



A primeira edição do Congresso Holístico Internacional, no ano de 2018 em Gramado, teve 500 participantes. De lá para cá, após quatro edições, este número subiu para mais de 3.200 pessoas. A procura por vivências ligadas à espiritualidade e ao crescimento como ser humano mostra que há potencial para ampliar fronteiras. Em 2023, o Congresso Holístico Internacional, liderado pela empresária Michele Fruet, chegará a Europa com duas edições: em Sanremo, na Itália (maio) e em Sintra, Portugal (setembro).

 

Apesar do crescimento internacional, a idealizadora não esquece o carinho de Gramado na primeira edição do evento, e antecipa que em 2024 o Congresso retorna à Gramado. “A proposta é levar o congresso para o Mundo, facilitar pera as pessoas uma expansão de consciência, mostrar outra realidade onde possam se permitir uma desconstrução e mudança de mindset, para que tenham acesso ao seu próprio saber e partilhar isso para gerar mais abundância para todos. Neste pós-pandemia tornou-se necessidade levar as pessoas para esse lugar de expansão, saúde mental, bem estar e autoconhecimento”, acrescenta Michele Fruet.

 

A ideia de um evento itinerante pelo mundo é muito mais do que um contexto turístico. “Queremos que as pessoas possam se conectar ao todo, à Terra, às diversidades, e principalmente à potência de nossa ancestralidade. É como se viajássemos às nossas raízes ancestrais, resgatando saberes perdidos”, afirma a idealizadora.

 

Trancoso 2022

Em novembro de 2022, o Congresso Holístico Internacional estará recebendo seu público em Trancoso, Bahia. Serão três dias de evento, com expectativa de receber em torno de mil e quinhentas pessoas, onde estarão reunidos os maiores palestrantes do Brasil e do mundo, abordando temas como espiritualidade, empreendedorismo, marketing, relacionamentos, física quântica, desenvolvimento pessoal e sustentabilidade.

 

“Queremos que essa transformação seja em essência, a conexão com a natureza humana, um ser que vive a partir do seu sentir.  Um ser que percebe seu corpo, suas necessidades e suas limitações, que busca no interno suas respostas, que está em comunhão com a natureza, em equilíbrio e conexão com o universo, e assim recebe e vive em abundância e em um estado de plenitude”, finaliza Michele Fruet

 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário