Brasil tem deflação de 0,44% na quadrissemana de julho, aponta FGV - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

terça-feira, 26 de julho de 2022

Brasil tem deflação de 0,44% na quadrissemana de julho, aponta FGV



O IPC-S da terceira quadrissemana de julho de 2022 registrou deflação 0,44%. A análise foi divulgada nesta segunda-feira (25), pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo Transportes cuja taxa de variação passou de -1,10%, na segunda quadrissemana de julho de 2022 para -2,88% na terceira quadrissemana de julho de 2022.

Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item gasolina, cujo preço variou -8,61%, ante -3,59% na edição anterior do IPC-S. A redução dos impostos por meio de Lei apresentada pelo governo federal foi fundamental para a redução nesse item.

Também registraram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Educação, Leitura e Recreação (1,16% para -1,31%), Habitação (-0,07% para -0,37%) e Alimentação (1,64% para 1,50%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: passagem aérea (4,65% para -6,92%), tarifa de eletricidade residencial (-2,29% para -3,51%) e restaurantes (1,13% para 0,77%). No item eletricidade para residências, também incide a lei federal que limitou a 18% de ICMS o tributo estadual sobre itens considerados essenciais.

Em contrapartida, os grupos Comunicação (-0,65% para -0,18%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,23% para 0,25%) e Despesas Diversas (0,26% para 0,28%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: combo de telefonia, internet e TV por assinatura (-1,48% para -0,30%), aparelhos médico-odontológicos (0,37% para 0,68%) e cigarros (1,11% para 1,72%).

O grupo Vestuário repetiu a taxa de variação de 0,59% registrada na última apuração. As principais influências partiram dos itens: calçados masculinos (0,54% para 0,97%), em sentido ascendente, e roupas femininas (0,79% para 0,37%), em sentido descendente.

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 31.07.2022 será divulgado no dia 01.08.2022. Clique AQUI para acessar o relatório da FGV.

Fonte: FGV
Gostou? Compartilhe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário