O desmatamento e o crime do perfume francês. - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

domingo, 19 de junho de 2022

O desmatamento e o crime do perfume francês.



O perfume mais vendido do mundo, Chanel n⁰5, lançado em 1921, possui ingrediente o óleo do Pau Rosa que só é encontrado na Amazônia,e foi responsável  pela devastação de 500 mil árvores para mandar esse óleo para os franceses.
Para se ter uma ideia da "preocupação" dos franceses com a Amazônia, o Pau Rosa, árvore nativa da Amazônia e que não se consegue cultivar fora dela foi extinta na Guiana FRANCESA e nos Estados do Pará e Amapá, onde começou a ser retirada na década de 20. 
O pau rosa é cortado quando esta com 30 a 35 anos. O valor na mão do intermediário chega a US$ 300/litros, sendo que o produtor local é US$ 20. A conclusão é de vocês quem poderia ser estes intermediários.
Estima-se a exportação de US$ 1.5 bilhões do produto/ano. 
Estamos falando de apenas um produto vendido a peso de ouro, com o objetivo de produzir um perfume francês que custa quase R$ 1000, 50 ml. Porque os ambientalistas ainda não reclamaram da produção do Chanel 5 aos custo de derrubada de árvores nativas da Amazônia? 
Esta é a hipocrisia daqueles que apontam o dedo para o Brasil mas além de devastar suas florestas, devastaram as nossas. Os interesses estão muito claros mas jovens idiotas ecoam as narrativas de ambientalistas fake cujos países são os maiores criminosos ambientais da história.



Nenhum comentário:

Postar um comentário