Com apoio do MTur, ferramenta de coleta de dados auxilia turismo nas cidades brasileiras - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 2 de junho de 2022

Com apoio do MTur, ferramenta de coleta de dados auxilia turismo nas cidades brasileiras


Além de Piranhas (AL), a cidade de Socorro (SP) também utilizou a ferramenta e apresentou resultados expressivos para a gestão de dados do setor

CM_Photogrid_1654191015439.jpg

Sistema será implementado em mais 4 municípios. Crédito: Arquivo Pessoal

“Eu estou muito feliz em ver essa percepção do turista em relação aos serviços turísticos de Piranhas”. Esta foi a reação do secretário de Turismo de Piranhas (AL), Eduardo Clemente, ao fim da utilização do “Smart Survey”, plataforma que realiza pesquisa de Demanda Turística de forma totalmente eletrônica. A cidade alagoana foi uma das selecionadas no ano passado para utilizar o sistema de forma gratuita e obteve resultados positivos sobre a aprovação do turista aos atrativos e atividades turísticas do município.

“O resultado geral para a gente foi muito bom. A nota máxima é 5 e, na média geral, a gente ficou com 4.4 dentre todos os itens: segurança, informações turísticas, produto, hotelaria, alimentação. Fiquei muito feliz mesmo e vamos continuar sim, porque essas métricas são muito importantes para a tomada de decisão”, finalizou o secretário Eduardo Clemente.

Para o ministro do Turismo, Carlos Brito, a gestão do setor só é efetiva com a correta utilização de dados coletados junto aos visitantes. “A oferta desta plataforma foi um importante meio para mostrar aos municípios brasileiros a necessidade da utilização de dados para o desenvolvimento do nosso setor. Precisamos continuar com essa rotina e ampliar as fronteiras da tecnologia para outros municípios brasileiros, contribuindo para a captação da realidade local e, consequentemente, o desenvolvimento da nossa cadeia produtiva, que movimenta mais de 52 atividades em todo o país”, pontuou.

Ao todo, cerca de 80 destinos, de Norte a Sul do país, participaram da primeira seleção que permitiu a transformação dos atrativos em agentes coletores de informações, diminuindo o custo e fornecendo resultados em tempo real para os órgãos gerenciais de turismo.

Para a CEO da Smart Tour Brasil, Jucelha Carvalho, a proposta é ampliar a proposta para outros destinos. “A ideia é conseguir trazer sempre mais cidades para utilizar a pesquisa de demanda, independente se é a nossa ou não. O acesso a dados é fundamental para a gente conseguir profissionalizar o turismo”, disse.

Em mais uma rodada para a utilização gratuita da plataforma, a Smart Tour Brasil acaba de selecionar outros 4 municípios brasileiros. São eles: Bragança (PA), Arraial do Cabo (RJ), Maragogi (AL) e Nova Petrópolis (RS). Agora, esses terão à disposição durante seis meses esta ferramenta, 100% digital, de captação de dados do setor que contribuirá para o turismo dessas cidades.

SMART TOUR - A Smart Tour é uma startup de tecnologia de ponta voltada para a gestão pública do turismo, com soluções inovadoras. Além do reconhecimento no Prêmio Nacional do Turismo, a empresa catarinense foi uma das finalistas do 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, promovido pelo MTur e o Wakalua - primeiro polo global de inovação em turismo -, que consagrou iniciativas destinadas à retomada do setor.

A empresa também foi destaque na 3ª Competição Global de Startups da Organização Mundial do Turismo (OMT) e fez parte do grupo de finalistas do Healing Solutions for Tourism Challenge, realizado no ano passado pela OMT.

Por Victor Maciel

Fonte Mtur

Nenhum comentário:

Postar um comentário