Bolsonaro discute com Lira criação de CPI da Petrobras - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 17 de junho de 2022

Bolsonaro discute com Lira criação de CPI da Petrobras

  

ÚLTIMO MINUTO: Bolsonaro discute com Lira criação de CPI da Petrobras

Presidente reagiu a novo aumento dos combustíveis e admitiu que articula investigação da empresa na Câmara dos deputados

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 17, que pensa em apoiar politicamente a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso Nacional para investigar a direção da Petrobras. A declaração aconteceu horas depois de a estatal anunciar novos aumentos nos preços de gasolina e diesel.


Em entrevista à rádio Meio Dia Rio Grande do Norte, durante visita a Natal, Bolsonaro declarou ainda que discutiu a possibilidade de uma CPI com Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara. A intenção seria investigar o presidente, os diretores e o conselho administrativo e fiscal da Petrobras em razão da crise dos combustíveis.

“É traição com o povo brasileiro. O presidente, seus diretores e seu conselho traíram o povo. O lucro da Petrobras é algo estúpido. Ela lucra seis vezes mais que a média das petroleiras de todo o mundo. Petroleiras fora do Brasil reduziram margem de lucro para atender aos anseios da sua população num momento de crise”, disse o presidente.-Publicidade-

“Conversei há poucos minutos com o Arthur Lira, ele está neste momento reunido com líderes partidários. A ideia nossa é propor uma CPI para investigar o presidente da Petrobras, os seus diretores e também o conselho administrativo e fiscal. Nós queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque é inconcebível se conceder um reajuste com o valor dos combustíveis lá em cima e com os lucros exorbitantes que a Petrobras está tendo.”

Nesta sexta-feira, a Petrobras anunciou o reajuste do litro da gasolina vendido às distribuidoras, que passou de R$ 3,86 para R$ 4,06, em aumento de 5,2%. Por sua vez, o diesel saiu de R$ 4,91 para R$ 5,61, com salto de 14,2%. Os novos valores passam a valer a partir deste sábado.

É o primeiro aumento da gasolina em três meses. O último reajuste havia sido feito em 11 de março. Já o preço do diesel foi modificado em 10 de maio.

O reajuste foi aprovado na quinta-feira pelo Conselho de Administração da Petrobras. A estatal tem praticado no mercado interno preços abaixo do vendido no exterior, em momento de turbulência internacional, em razão dos efeitos da guerra entre Rússia e Ucrânia. A defasagem do diesel é de 18%, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). O preço da gasolina, por sua vez, tem defasagem de 14%.

Arthur Lira pede a renuncia do presidente da Petrobras

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou logo depois do reajuste anunciado pela Petrobras que o presidente da estatal, José Mauro Ferreira Coelho, tem de renunciar “imediatamente” ao cargo.

“Ele só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo. Saia! Sua gestão é um ato de terrorismo corporativo”, escreveu o parlamentar, no Twitter.

Fonte. TBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário