Ao que parece, o Ofício do Ministério da Defesa pro Fachin já começou a dar resultados. - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Ao que parece, o Ofício do Ministério da Defesa pro Fachin já começou a dar resultados.


A Comissão de Transparência das Eleições (CTE), instaurada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em setembro do ano passado, acolheu, total ou parcialmente, dez sugestões feitas pelas Forças Armadas.

Ao todo, a comissão acolheu 32 das propostas recebidas. Ou seja, um terço das sugestões aprovadas é de autoria dos militares.

Uma grande jogada de mestre, que mostra a importância e a inteligência dos militares.

Entre as sugestões acolhidas pelo TSE estão:

Distinção entre auditoria e fiscalização do processo 
eleitoral: “Recomenda-se que seja mantido o incentivo à participação das Entidades Fiscalizadoras nas atividades de fiscalização das diversas fases do processo eleitoral, principalmente por parte dos partidos políticos, que possuem a competência legal para a contratação de empresas para a realização de auditorias independentes. Recomenda-se, ainda, que o Poder Legislativo Federal seja incentivado a realizar as atividades de auditoria independente no processo eleitoral, tendo em vista sua competência constitucional para o exercício dessas atividades”.
Institucionalização de procedimento 
para a hipótese de constatação de irregularidade em teste de integridade.
Atuação de empresa especializada de auditoria, contratada por partido político, nos termos da lei eleitoral.

Saiba Quem é o Ministro Fachin clicando nesse link abaixo
https://youtu.be/6eCkK8fIMbw


Veja o que diz o Presidente Bolsonaro sobre às eleições 2022
Clique no link abaixo
https://youtu.be/GovBiaGThCI

Nenhum comentário:

Postar um comentário