Alter do Chão:MTur finaliza grupos de trabalho de Turismo Pelas Águas e de Trens Turísticos - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Alter do Chão:MTur finaliza grupos de trabalho de Turismo Pelas Águas e de Trens Turísticos

Documentos poderão orientar políticas públicas e privadas direcionadas ao dois setores.

Após um ano de intensas discussões, o Fórum de Mobilidade e Conectividade Turística (MOB-Tur), do Ministério do Turismo, concluiu os trabalhos de dois Grupos Técnicos (GT) constituídos para o desenvolvimento do turismo náutico e de trens turísticos no país. Instituídos no final de 2020, os GT’s formalizaram em relatórios as informações coletadas e os resultados obtidos durante a sua vigência. Entre os assuntos trazidos no documento estão os legados, oportunidades e os encaminhamentos sugeridos pelos membros do grupo em ambos os temas.

Veja AQUI o relatório de “Turismo pelas Águas”

Veja AQUI o relatório de “Trens Turísticos”

O ministro do Turismo, Carlos Brito, ressaltou a importância do trabalho realizado pelo grupo, que foi o orientador para o desenvolvimento de diversas políticas da Pasta nos últimos meses. “O avanço em temas como a redução de tributos na importação de equipamentos náuticos e a percepção do imenso potencial dos trens turísticos no país foram possíveis graças ao trabalho coordenado destes dois grupos. Eles foram importantes para que levantássemos subsídios que pautaram os demais membros do governo para atendimento a demandas antigas destes dois dos principais segmentos do turismo brasileiro”, destacou.

No GT de “Turismo Pelas Águas” o relatório final apontou a participação ativa do grupo no fortalecimento do segmento no Brasil. Dito isso e considerando as pautas definidas como prioridade, a equipe atuou na formulação de materiais para a estruturação e instalação de apoio náutico e no desenvolvimento de medidas que facilitassem a importação de embarcações. 

Também participaram na redução da carga tributária de insumos e itens da cadeia produtiva do turismo e em esforços diversos para a instalação de centros de visitação subaquáticos no país.

Em relação aos “Trens Turísticos”, o grupo realizou, inicialmente, estudo minucioso para verificar a possibilidade de criação de um serviço de transporte turístico entre Belo Horizonte e Brumadinho, em Minas Gerais.A iniciativa teve grande repercussão e diversas entidades, interessadas na implantação de trens turísticos em todas as regiões do Brasil buscaram a Pasta para que seus projetos e iniciativas pudessem ser viabilizados.

Diante disso, o grupo participou de iniciativas como o novo Marco Regulatório do Setor Ferroviário e da formulação de um guia orientador sobre a viabilização do tema nas demais ferrovias do país. O grupo também provocou a discussão de políticas públicas para o transporte ferroviário de passageiros e para a destinação de recursos para a Preservação do Patrimônio Ferroviário.

Para a secretária nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Débora Gonçalves, o material colhido irá ajudar o Ministério a atuar e desenvolver políticas assertivas nos dois setores Vamos buscar estabelecer cooperações com entidades visando promover os tópicos destacados nos dois relatórios, bem como contribuir efetivamente com o desenvolvimento e o fortalecimento do turismo náutico e de trens turísticos no País”, pontuou.

MOB-Tur - O Fórum, criado em setembro de 2020 pelo Ministério do Turismo, tem a função de discutir e propor políticas e estratégias para aperfeiçoar a mobilidade e a conectividade turística no Brasil. Sob a coordenação da SNAIC, o MOB-Tur debate temas como atração de investimentos, aperfeiçoamentos legislativos e promove diagnósticos de infraestruturas e serviços associados à área.

Por Victor Maciel


Nenhum comentário:

Postar um comentário