Energia elétrica ficará 20% maís barata - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 7 de abril de 2022

Energia elétrica ficará 20% maís barata

A partir do dia 16 de abril, será retirada da conta de energia elétrica de todos os brasileiros a bandeira de escassez hídrica. Em vigor desde setembro do ano passado por conta da pior seca dos últimos 91 anos, a bandeira gerava um custo adicional de R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Essa importante iniciativa do governo do presidente Jair Messias Bolsonaro se soma as medidas que estamos tomando para reduzir o valor da conta de luz dos brasileiros, em especial dos paraenses. 

✅ Já transformarmos em lei a inscrição automática das famílias de baixa renda na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE). Esse benefício, decorrente de projeto que tive grande satisfação em poder relatar no Senado Federal, garante descontos de 10% a 65% na conta. 

✅ Nas próximas semanas, a Comissão de Infraestrutura (CI) votará o projeto de minha autoria que proíbe que seja cobrado do consumidor a taxa referente às perdas não-técnicas, mais conhecidas como "gatos". De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL - Brasil, as perdas (técnicas e não-técnicas) representam cerca de 10% das tarifas. No Pará, essa parcela atingiu 16,7% das tarifas. 

Continuamos firmes em nosso compromisso de reduzir o custo da energia elétrica e baratear essa conta.
Por Senador Zequinha Marinho

#ZequinhaMarinho #jairbolsonaro #governofederal #ZMenergia #ZMtarifadeenergia #ZmSenado #ZmPará

Nenhum comentário:

Postar um comentário