Divisão do estado em 'Regiões de Integração' auxilia no planejamento de ações. - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

terça-feira, 1 de fevereiro de 2022

Divisão do estado em 'Regiões de Integração' auxilia no planejamento de ações.


No dia 20 de janeiro, o Decreto nº 2.129 incluiu o município de Oeiras do Pará na região do Marajó. Confira as 12 regiões, que englobam os 144 municípios paraenses

O Pará é o segundo maior estado do país em extensão territorial e as diferenças regionais, principalmente nos âmbitos social e econômico, entre os 144 municípios paraenses precisam ser respeitadas durante o planejamento de ações, que buscam identificar e atender as necessidades peculiares de cada localidade. Para facilitar a administração e garantir o desenvolvimento de políticas públicas adequadas para cada área, o estado é dividido em 12 Regiões de Integração (RI).

"A regionalização do Pará tem como objetivo definir regiões que possam representar espaços com semelhanças de ocupação, de nível social e de dinamismo econômico e cujos municípios mantenham integração entre si, quer física quer economicamente, com a finalidade de definir espaços que possam se integrar de forma a serem partícipes do processo de diminuição das desigualdades regionais, conforme o Artigo 1º do Decreto 1.066 de 2008, o qual criou as regiões", explica Walenda Tostes, coordenadora de Estatística e Disseminação da Informação da Fundação Amazônia de Amparo à Estudos e Pesquisas (Fapespa).

No dia 20 de janeiro de 2022, o Decreto nº 2.129 incluiu o município de Oeiras do Pará, que antes fazia parte da RI Tocantins, para a RI do Marajó. O Plano Plurianual de 2020-2023 segue o modelo proposto pelo Estado, no qual cada uma das 12 regiões passou a ter o seu próprio planejamento, ações e obras de governos, conforme suas identidades diferenciadas e especificidades regionais.

CONHEÇA AS 12 REGIÕES DE INTEGRAÇÃO

RI Araguaia (15)
Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau d'Arco, Redenção, Rio Maria, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara.

RI Baixo Amazonas (13)
Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa.

RI Carajás (12)
Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Marabá, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia.

RI Guajará (5)
Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará.

RI Guamá (18)
Castanhal, Colares, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santa Isabel do Pará, Santa Maria do Pará, Santo Antônio do Tauá, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta e Vigia.

RI Lago de Tucuruí (7)
Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí.

RI Marajó (17)
Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Oeiras do Pará, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure.

RI Rio Caeté (15)
Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu.

RI Rio Capim (16)
Abel Figueiredo, Aurora do Pará, Bujaru, Capitão Poço, Concórdia do Pará, Dom Eliseu, Garrafão do Norte, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ourém, Paragominas, Rondon do Pará, Tomé-Açu e Ulianópolis.

RI Tapajós (6)
Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão.

RI Tocantins (10)
Abaetetuba, Acará, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju, e Tailândia.

RI Xingu (10)
Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário