Pará realiza Feira Internacional de Turismo da Amazônia em novembro, na capital - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Pará realiza Feira Internacional de Turismo da Amazônia em novembro, na capital


A maior feira de turismo do Norte tem como objetivo promover e integrar os destinos turísticos da região, atraindo profissionais que atuam no segmento

Com o tema "Conectando negócios na Amazônia", o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), realiza a 9ª edição da FITA - Feira Internacional de Turismo da Amazônia. O evento vai ocorrer entre os dias 25 e 28 de novembro, na Estação das Docas, em Belém.

Considerada a maior feira de turismo do Norte do país, a FITA abrange toda a Amazônia Legal brasileira e os países da Amazônia Internacional. A cerimônia oficial de abertura será às 18h do dia 25 de novembro, com a presença do governador Helder Barbalho.

O objetivo da FITA é promover e integrar os destinos turísticos da região, atraindo operadores de turismo e agentes de viagem nacionais e internacionais, o trade local, profissionais de comunicação e os demais segmentos da cadeia de negócios e da rede de prestação de serviços da atividade turística, além de oferecer oportunidades aos investidores do setor.

"A ideia é consolidar a FITA como uma feira de Turismo não somente do Pará, mas de toda a Amazônia. A participação de todos os estados da região é muito importante. Por questões logísticas, o Norte acaba tendo menos turistas do que poderia. É isso que queremos mudar. Em bloco podemos vender o turismo na Amazônia e fomentar mais a região", afirma o secretário de Turismo do Pará, André Dias.

Programação

A programação da FITA vai reunir área de comercialização dos expositores com 40 estandes no Feirão do Turismo, cursos de capacitação técnico-científica, palestras-show, press trips com profissionais de imprensa e influenciadores, bem como atrações musicais. Na Estação das Docas, o evento vai ocorrer nos 1.189 metros quadrados do Armazém das Feiras, espaço interativo e área instagramável.

O município de Parauapebas será o Destino Anfitrião da FITA. O município tem o título de Capital do Ecoturismo de Carajás, uma das regiões do Estado do Pará. Parauapebas possui seis Unidades de Conservação (UC) e uma Reserva Indígena com uma enorme diversidade de espécies da flora e fauna amazônicas, além de atrativos turísticos como trilhas em meio a floresta preservada, cachoeiras de águas cristalinas, lagoas, observação de aves e cavernas ferríferas com vestígios arqueológicos

Os painéis vão debater assuntos como "Políticas Públicas - Turismo, Cenários e Oportunidades", "Desafios e oportunidades da gestão descentralizada do turismo", "Turismo Sustentável/Unidades de conservação", "Turismo em Comunidades Tradicionais", "Marketing Turístico Digital" e "Turismo e Indicação Geográfica".

Já as capacitações incluem a apresentação oficial da Rota Amazônia com os destinos Amazonas, Maranhão e Pará, a RAI - Rotas Amazônicas Integradas de fomento ao segmento do turismo de pesca esportiva que reúne representantes de toda a Amazônia Legal, os números do Observatório do Turismo Paraense, o Programa de Regionalização do Turismo e o edital de Fomento a Eventos Turísticos.

Destaques

Cercadas de grandes expectativas, as palestras-show serão realizadas pelo jornalista e apresentador Zeca Camargo, a curadora gastronômica e pesquisadora da cozinha brasileira Luiza Fecarotta, o chef de cozinha Saulo Jennings e o viajante global Anderson Dias, autor do blog 196 Sonhos. No campo artístico, a FITA terá shows com Félix Robatto, Lia Sophia e Jeff Moraes.

Segundo André Dias, a Fita é um instrumento essencial para o posicionamento estratégico do Estado. "A FITA é fundamental para que, primeiramente, a gente possa comercializar os produtos que compõem o nosso destino, tanto de Belém quanto do interior do Pará, junto aos considerados buyers (compradores do setor), e também para que os demais estados e países da Amazônia internacional possam promover e vender seus produtos turísticos e comercializar seus destinos para essa ampla rede de negócios e serviços que compõem a cadeia turística", finalizou o dirigente da Setur-PA.

Texto: Israel Pegado/Setur

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial