O famoso Sal do Himalaia não passa de um embuste. - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

terça-feira, 5 de outubro de 2021

O famoso Sal do Himalaia não passa de um embuste.

 Na verdade, é um sal simples com impurezas de oxido de ferro. É extraído no Paquistão com mão de obra praticamente escrava. Mas isso não soaria tão bem economicamente falando: Sal comum extraído às toneladas por paquistaneses miseráveis e vendido por valores absurdos por conter em sua composição impurezas de ferro. As propriedades medicinais são fictícias, já que os minerais presentes estão em doses ínfimas e para se conseguir ingerir em quantidade funcional ter-se-ia que comer muito, mas muito sal e morrer de hipertensão e AVC.
Fonte Serviço Social Brasil

Um comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial