Sejudh oferece apoio à família de vítima de feminicídio em Ananindeua - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Sejudh oferece apoio à família de vítima de feminicídio em Ananindeua


A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Diretoria de Cidadania e Direitos Humanos, à qual estão vinculadas as Coordenadorias de Integração de Políticas para as Mulheres e a Gerência de Proteção da Igualdade Racial, emitiu nota na tarde desta quarta-feira (1º) se solidarizando com a família de Geordana Natally Sales Farias, assassinada na madrugada desta quarta-feira (1º) em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém, em mais um caso de feminicídio.

Na nota, a Sejudh coloca toda a sua estrutura à disposição da família da vítima. "A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos vai prestar todo o apoio à família da Geordana, para que possam ter seus direitos garantidos e a defesa dos seus direitos preservados", afirmou a diretora de Cidadania e Direitos Humanos da Sejud, Janaína Renée.

A Sejudh repudia, de forma veemente, os crimes de feminicídio, que define como fruto de um conjunto de fatores,desde a misoginia estrutural até os processos socioeconômicos excludentes e discriminatórios, que acabam construindo contextos de violência e violação de direitos das mulheres.

O secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, José Francisco Pereira, oferece o apoio do aparato estatal, por meio da Sejudh, à família da vítima. O secretário assina a nota, junto com a diretora de Cidadania e Direitos Humanos, Janaína Renée, e a coordenadora de Política de Integração para as Mulheres, Márcia Jorge.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial