Praias de Salinas recebem ação que incentiva coleta e reciclagem de resíduos - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

domingo, 5 de setembro de 2021

Praias de Salinas recebem ação que incentiva coleta e reciclagem de resíduos


A iniciativa da Semas, que visa sensibilizar os frequentadores das praias oceânicas de Salinas, além de moradores e comerciantes

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) promove desde sábado (4) ações de conscientização ambiental e reciclagem nas praias do Atalaia e Maçarico, no município de Salinópolis, Nordeste do Pará. A iniciativa, que prossegue até a próxima terça-feira (7), visa sensibilizar turistas, moradores locais e comerciantes sobre a importância da preservação da natureza e do reaproveitamento de resíduos.

Maria da Luz Gomes, residente na Vila Cuiarana, a 5 km da sede municipal, destacou a importância do cuidado com o meio ambiente. "Eu acho muito boas essas ações por parte do governo, porque é importante conscientizar a população daqui a respeito da limpeza e da conservação do meio ambiente, dos locais onde a gente vive", frisou a moradora.

São realizadas atividades educacionais com crianças e coleta de vidro para reciclagem. Neste final de semana foram recolhidos mais de 50 quilos de vidro e distribuídos 600 copos sustentáveis em troca das garrafas de plástico. Vidros e plásticos serão enviados para cooperativas de reciclagem, gerando renda para a população local. Os resíduos são coletados junto com o Instituto Alachaster, que atua em parceria com a Secretaria.

À noite, a ação continuou na Praia do Maçarico. "O governo do Estado se faz presente aqui no município de Salinas. Este é um projeto-piloto, no qual a gente trabalha a reciclagem do lixo, tanto de garrafas pet, quanto de vidro, e copinhos de plástico, para a gente levar esta consciência de sustentabilidade pelo Estado. E queremos agradecer aos parceiros que vêm trabalhando em conjunto", afirmou Hugo Yutaka Suenaga, secretário adjunto de Gestão Administrativa e Tecnologias da Semas.

Jéssica Paloma da Silva, moradora do município de Conceição do Araguaia, no Sul do Pará, visitou Salinópolis pela primeira vez e participou das ações, junto com a filha Andreza, 7 anos. "A minha filha é bem atenciosa em relação a jogar lixo nos locais certos. Este tipo de ação é importante porque tem muitas pessoas mal informadas, e a ação faz as pessoas se conscientizarem mais", ressaltou.

Aspecto social - A geração de renda é um dos pontos principais da campanha nas praias. "É uma ação não só de limpeza das praias, mas também de sensibilização e educação ambiental, através de jogos educativos com os banhistas e frequentadores, envolvendo proprietários de restaurantes e barracas. É voltada para conservação do meio ambiente e para sensibilizar os frequentadores que estes resíduos podem virar renda para pessoas que trabalham com reciclagem. Esta ação prevê coleta de resíduos recicláveis e a geração de renda para empreendedores, para a cooperativa de recicláveis que

faz a reutilização deste material, e para os empreendedores sustentáveis que trabalham com esses produtos", informou Brenda Hachem, técnica em Gestão Ambiental da Semas.

Pâmela Dias, coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Prefeitura de Salinópolis, disse que a participação ativa dos jovens em ações de conscientização ambiental é fundamental para a formação da cidadania. "Hoje estamos nesta ação junto com o governo do Estado, trazendo o Projeto Farol da Esperança. O nosso objetivo é tornar nossos alunos cidadãos de bem mais na frente, fortalecendo o vínculo familiar. É muito importante esta ação para eles, porque eles orientam tanto os barraqueiros quanto os visitantes da Praia do Atalaia a respeito da importância da sustentabilidade para o nosso meio ambiente. E isso é fundamental para a formação destes jovens enquanto cidadãos", ressaltou a coordenadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial