Ladrões de gado continuam desafiando as polícias em Santa Cruz do Arari - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

domingo, 26 de setembro de 2021

Ladrões de gado continuam desafiando as polícias em Santa Cruz do Arari

 Ladrões de gado que atuam promovendo verdadeiro massacre de animais e vendendo carne estragada na região do Marajó, periferia de Belém, Abaetetuba, Barcarena e na capital do Amapá, Macapá, se vingam nos bichos pela ação realizada na primeira quinzena deste mês (período de 08 a 11) pelas polícias Civil e Militar, em conjunto com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará – Adepará e Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Pará. Fazendas nos municípios de Cachoeira do Arari e Santa Cruz do Arari são invadidas por grupos armados que capturam e matam os animais, esquartejando-os para tirar a carne e deixando, nos rios marajoaras, as carcaças que trazem contaminação para o meio ambiente, especialmente o peixe.


As denúncias voltaram a ser repicadas pela Associação dos Pecuaristas de Santa Cruz do Arari, segundo a qual, pessoas influentes estariam envolvidas nos crimes que, num passado remoto, já teriam financiado campanhas milionárias para prefeituras na região do Marajó, sob as vistas grossas de autoridades que deveriam fiscalizar tal ação.

Fonte A Província do Pará

Por Roberto Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial