Negligenciar o uso do cinto de segurança se mantém como fator de risco em Salinópolis - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

domingo, 1 de agosto de 2021

Negligenciar o uso do cinto de segurança se mantém como fator de risco em Salinópolis


Coordenadoria de Educação de Trânsito do Detran diz que uma outra infração perigosa e recorrente no verão é o transporte irregular de crianças nos veículos

Equipes da Coordenadoria de Educação do Detran abordam veículos no acesso às praias de Salinas para orientar sobre atitudes segurasO uso obrigatório do cinto de segurança para motoristas e passageiros está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Além de obrigatório, o item de segurança salva vidas, mas em Salinópolis, no nordeste do Estado, a negligência quanto ao uso do equipamento é considerada um dos principais fatores de risco de acidentes, segundo a equipe de educação do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), que encerra as atividades da Operação Verão 2021 no município nesta segunda-feira (02).

"O principal fator de risco observado este mês foi o não uso do cinto pelos passageiros do banco traseiro ou o uso irregular, caracterizado quando se usa o cinto, porém fora da posição de segurança", constata o coordenador das ações educativas do Detran em Salinópolis, João Veiga, ao avaliar o comportamento de risco adotado pela maioria dos passageiros de veículos abordados durante as férias em Salinas, tanto nas vias estaduais, onde houve as abordagens, quanto na praia.

"Quando a família está chegando ou saindo da praia costuma não usar o cinto também, inclusive o motorista, que só coloca quando chega na via, o que nos indica que é preciso reforçar as ações educativas quanto a esse fator", admite Veiga.Negligência ao uso do cinto é fator de risco recorrente em Salinas

O transporte irregular de crianças, fora do bebê conforto, cadeirinha e assento apropriado, mesmo quando o equipamento está no veículo, também é um problema recorrente em Salinas, diz Veiga, ao alertar que ambas as situações podem ser fatais em caso de acidentes, além de serem consideradas infrações de trânsito sujeitas à multa e à pontuação na carteira.

ORIENTAÇÃO

Veiga informa que as infrações observadas ao longo do mês vêm diminuindo em relação aos anos anteriores, uma evidência dos bons resultados das campanhas educativas do Detran em todo o Estado, para conscientizar a população sobre comportamento seguro no trânsito.

A Coordenadoria de Educação para o Trânsito atuou em Salinópolis com 30 servidores, dando orientações diárias nas PAs-444 e 124, no acesso às praias do Farol Velho, do Atalaia e do Maçarico. Em geral, os condutores compreendem que as abordagens buscam pela preservação da vida.

"Achei excelente esse trabalho de orientação, principalmente no Farol Velho, que precisava dessa organização, e também sobre o comportamento dos condutores, porque tem muita gente que vem pra se divertir, mas não age com responsabilidade ao dirigir", afirma Tomás Melo.

Além de Salinópolis, as equipes de educação também estiveram presentes em Barcarena, Marapanim, Mosqueiro, Bragança e Santarém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial