Lapada da Cachaça da Paraíba divulga produtos e destino com parceria da PBTur, em Brasília - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 12 de julho de 2021

Lapada da Cachaça da Paraíba divulga produtos e destino com parceria da PBTur, em Brasília


A Paraíba sempre se notabilizou nacionalmente por ser uma das maiores produtoras de cachaça do Brasil. No chamado 'Anuário da Cachaça' 2021, produzido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com a Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), a Paraíba está em sétimo entre os estados que mais produzem a cachaça, colocando Areia, na região do Brejo, em quatro lugar no ranking de maior número de produtores - 09 - empatado com Alto Rio (MG), e atrás apenas de Salinas (MG) - 23 - e São Roque do Canaã (ES) - com 10.  No total, a Paraíba tem 40 estabelecimentos produtores de cachaça.
Para divulgar ainda mais a cachaça no País, e de tabela a Paraíba como roteiro turístico, a Confraria da Cachaça irá fazer uma ação promocional no Distrito Federal, quando será realizado o Encontro das Confrarias das Cachaças da Paraíba e Brasília, no dia 31 de julho, em um ponto de distribuição dos produtos. Estarão presentes rótulos da Nobre, Baraúna, Serra Velha, Gregorio, Elite, Triunfo, Aroma da Serra, Turmalina da Serra e W!. "O propósito é promover a cachaça paraibana como referência de qualidade e a Paraíba como destino de sol, mar e cachaças de qualidade", afirmou Fernanda Melo. presidente da Confraria da Paraíba.
De acordo com Fernanda, a PBTur (Empresa Paraibana de Turismo) estará presente através de apresentação de vídeo promocional da Paraíba e a distribuição de sacolas e camisetas para os participantes. "A partir deste dia 31 (de julho), as cachaças paraibanas terão endereço na capital do Brasil", pontuou. "Esta será a primeira ação de promoção. A segunda acontecerá Rio de Janeiro e Petrópolis (RJ), já com as datas de 20 a 22 de agosto", revelou.
Para a presidente da Confraria, "é fundamental a realização de ações de promoção para que a Paraíba seja referência da única bebida genuinamente brasileira, a cachaça, com todos seus valores socioculturais e econômicos, inclusive, de estimular a fixação do homem no campo", disse.
Para Ruth Avelino, presidente da PBTur, a ação também fortalece os roteiros turísticos que exploram a produção da cachaça, a exemplo de diversos engenhos espalhados pela região do Brejo e que formam a Rota da Cachaça. "Existe uma intensa movimentação de turistas naquela região em busca da cachaça. A infraestrutura permite que todos sejam muito bem acolhidos. Hoje, o Brejo é um dos pontos de maior visitação de turistas do interior paraibano, fora do roteiro sol e mar", afirmou a executiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial