Restauro: obras no Theatro da Paz avançam e chegam a 45% do Cronograma Previsto - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Restauro: obras no Theatro da Paz avançam e chegam a 45% do Cronograma Previsto


 

Secult segue também com as obras no Palacete Faciola, onde funcionará a nova sede do Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (DPHAC)

Os serviços em andamento no Theatro da Paz incluem a revitalização da fachada, pinturas internas e especiais, reforma de forro etcMais do que novos pisos, paredes ou forros, as obras de restauro do Theatro da Paz resgatam a história do Pará. Seguindo todos os critérios de conservação, as intervenções, que começaram em novembro de 2020, estão adiantadas, com 45% do cronograma previsto pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult) já concluído.

"Nós estamos lidando com símbolos que representam a nossa história, o que vai além da edificação. Cada lugar do Theatro é extremamente valioso e por isso precisa de muito cuidado. Retornar com a arquitetura e plenitude construtiva do prédio é fundamental para que a gente tenha novas perspectivas de futuro", ressalta Nelson Carvalho, diretor de Projetos da Secult.

Entre os serviços em andamento no Theatro estão a revitalização da fachada; pinturas internas e pinturas especiais; reforma de forro; reforma e limpeza de pisos; reforma das instalações elétricas; tratamento de esquadrias; reforma completa dos banheiros e vestiários; reforma do sistema de proteção contra incêndio; revitalização total do Café da Paz.

Cada lugar do Theatro é valioso, ele é e um dos mais luxuosos do Brasil, considerado um dos Teatros-Monumentos do PaísO Theatro da Paz é o maior teatro da Região Norte e um dos mais luxuosos do Brasil e é considerado um dos Teatros-Monumentos do País. Após a obra de restauro, a ideia é que a população possa acessar todos os ambientes do prédio. O investimento é de cerca de três milhões de reais, com a previsão de entrega para o mês de maio de 2021.

As obras de restauro avançam, para o diretor de Projetos da Secult, Nelson Carvalho, é preciso retomar a plenitude construtiva do prédio"Estamos ansiosos pra ter o Theatro cheio novamente. Quando as pessoas voltarem a usar o espaço irão se surpreender. Todos os dias que entramos aqui nos surpreendemos com a beleza e a energia desse lugar, é sempre uma história nova. Nosso desejo é que todos venham, curtam espaços que antes eram bloqueados e vivam o Theatro", afirma o representante da Secult.

PALACETE FACIOLA

Assim como o Theatro da Paz, o Palacete Faciola se destaca pelo seu valor artístico e histórico e passa também por obras de restauro. Nelson Carvalho explica que após um período de esplendor, o prédio sofreu grande desvalorização e alta degradação. Por isso, considera as obras do Palecete extremamente delicadas. A previsão é de 25 meses para a entrega e o investimento é de cerca de 16 milhões reais.

Após a restauração, na Casa 1 do Palacete Faciola funcionará a sede do Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (DPHAC). A Casa 2 abrigará um auditório e a reserva técnica do Museu da Imagem e do Som (MIS), que será realocado para a Casa 3.

Serão respeitadas as linhas originais das três edificações, com a adequação às necessidades atuais. O estilo arquitetônico predominante é o eclético: movimento do século XX influenciado, entre outros, pelo estilo "art-nouveau".

"Após a obra, o Palacete deixará de ser uma residência e vai assumir outras finalidades. É muito importante que a gente faça avaliações constantes sobre como podemos tratar edificações antigas e históricas pensadas com determinadas finalidades que passam a ser assimiladas de outra forma. Isso é espetacular", finaliza Nelson Carvalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial