Vamos refletir sobre o Covid-19. - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Vamos refletir sobre o Covid-19.

Bom dia!
Pela experiência que tive da doença, tem alguns pontos que devem ser explorados por todos nós, que contraimos o vírus.
01. Uma gripe leve, com espirros e coriza pode ser Covid, seria bom procurar um Médico e ficar atento.
02. Nos primeiros 7 dias, provavelmente só se sentirá sintomas como tosse seca, coriza, fadiga muscular, febril e um dos pontos mais importantes falta de paladar e olfato. É importante usar o oximetro, pois abaixo de 95% já corremos o risco de ter complicações. Os Medicamentos neste período receitados pelos médicos, são vitamina C, Azitromicina, Evermectina, Anita e em alguns casos se entra com a Hidrocloroquina, tão combatida por muitos.
03. Após o 8° dia é que vem a inflamação do pulmão, ela pode variar de 15% a 100% após o 8° dia e ir piorando, nessa fase que pode complicar, aí vai dos remédios fazerem efeitos, podendo o paciente ir pra UTI, depois ir à intubação. Os Medicamentos atuais neste período, são antibióticos, corticoides e anticoagulantes, tudo receitado e acompanhado pelos médicos. Se tiver febre e tosse, geralmente usam remédios pra combater os mesmos. 
Após o 16° dia se entra na fase mais light, aonde o paciente começa a melhorar dependendo da ajuda divina e de sorte também. Por isso gente vamos nos cuidar, máscaras, álcool gel e evitar aglomerações. Segundo os estudos aglomeração gera aumento de casos de Covid, pois os assintomáticos acabam passando pra pessoas que não podem pegar o vírus, tipo idosos e pessoas com comorbidades. Pra piorar dependendo do caso, os medicamentos não fazem efeito nenhum, vindo o paciente infelizmente a óbito, por isso a gente vira e mexe, assistimos tristes e estarrecidos, a partida de centenas de pessoas aqui e nos meios comunicação. A vacina pode ser uma saída, mas ainda tem muitas dúvidas, como se teve com a Cloroquina, o vírus é mutável, isso faz com que a vacina possa não fazer o efeito desejado, mas é a esperança de milhões de pessoas no mundo. Mesmo com a vacina vamos ter que continuar por algum tempo com os procedimentos, por diversos motivos, tais quais, período que a vacina realmente protege, não se sabe se essa proteção será de um ano, que é quanto tempo a da H1N1 protege, casos de reinfecção, que já vem ocorrendo no mundo, a mutação do vírus, que faz com que ele fique mais perigoso do que já é atualmente. Então gente vamos nos cuidar e cuidar de quem a gente ama, eu como exemplo ainda não fui na casa dos meus pais, porque tô fazendo a quarentena do avião, pois cheguei na 4a feira a noite e só irei na terça feira lá e com máscara e preocupação de não levar o vírus. Eles já fizeram mais de uma dezena de exames e graças a Deus, não pregaram o vírus e espero que a vacina chegue e eles possam ser imunizados. Espero que tenha ajudado aos amigos, que fiquem atentos, tenham um excelente fim de domingo e uma semana abençoada. Amanhã voltarei as minhas atividades normais se Deus quiser. Bom dia.
Por: Orimar Souza Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial