ANVISA autoriza o uso emergencial de duas vacinas: Oxford-AstraZeneca, da Fiocruz, e a Coronavac - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

domingo, 17 de janeiro de 2021

ANVISA autoriza o uso emergencial de duas vacinas: Oxford-AstraZeneca, da Fiocruz, e a Coronavac

A enfermeira Mônica Calazans de 54 anos foi a primeira pessoa a ser vacinada no Brasil.
A Anvisa autorizou o uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19: a Oxford-AstraZeneca, da Fiocruz, e a Coronavac, do Instituto Butantan. Um dia histórico para a Anvisa e também para o Brasil, marcando o início da vacinação no país.

O pedido submetido pela Fiocruz se refere às 2 milhões de vacinas prontas que serão importadas do Instituto Serum, um dos centros capacitados pela AstraZeneca para a produção da vacina na Índia. A logística e execução do transporte dessas vacinas junto ao governo indiano está sendo conduzida pelo Governo Federal, por intermédio do Ministério da Saúde, Ministério das Relações Exteriores e Casa Civil. 

“A Fiocruz e todo o seu corpo técnico tem se dedicado incansavelmente para disponibilizar vacinas para o SUS e para a população brasileira. A autorização do uso emergencial concedida hoje reflete a seriedade do trabalho que vem sendo feito pela instituição”, destaca a presidente da Fundação, Nísia Trindade Lima.

Leia o texto completo: http://bit.ly/35RtjNZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial