Polícia Federal (PF) deflagrs Operação Circuito Fechado - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Polícia Federal (PF) deflagrs Operação Circuito Fechado

Operação Circuito Fechado, investiga suposto desvio de R$ 40,5 milhões no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Conforme a PF, o esquema ocorria através de contratações fraudulentas da companhia Business to Technology (B2T), do ramo de TI. São investigados três contratos firmados pelo Dnit entre 2012 e 2019. Agentes cumprem nove mandados de prisão temporária e 44 de busca e apreensão no Distrito Federal e em três Estados: Paraná, São Paulo e Goiás.
Além disso, a Justiça Federal determinou o bloqueio de cerca de R$ 40 milhões nas contas dos investigados, bem como o sequestro de seis imóveis e 11 veículos. Esta é a segunda fase da Operação Gaveteiro, iniciada em 6 de fevereiro deste ano, para apurar o desvio de R$ 50,4 milhões no extinto Ministério do Trabalho, por meio da contratação irregular dessa mesma empresa de tecnologia. Depois da coleta de provas, a PF constatou um esquema que envolvia empregados e revendedores da empresa. O inquérito aponta ainda que o grupo vendia ferramentas de tecnologia a órgãos públicos em licitações fraudadas.
Os investigados devem responder pelos crimes de peculato, organização criminosa, lavagem de dinheiro, fraude à licitação, falsificação de documento particular, corrupção ativa e passiva. Se somadas, as penas podem ultrapassar 40 anos de prisão. Até o fechamento desta reportagem, Oeste tentou contato (por e-mail e telefone) com a assessoria da empresa em questão, mas ainda não obteve resposta. Contudo, o espaço está aberto para o posicionamento da companhia. Fonte: Revista Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial