Um dos trechos mais perigosos no inverno da Amazônia foi asfaltado - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 6 de março de 2020

Um dos trechos mais perigosos no inverno da Amazônia foi asfaltado


BR 163 antes e depois do Morro do Moraes, de Castelo dos Sonhos a Moraes de Almeida
O que vi no Morro do Moraes, na BR 163, entre Castelo dos Sonhos e Moraes de Almeida. Um dos trechos mais perigosos no inverno da Amazônia foi asfaltado, o que reduz bastante as dificuldades de trafegar na rodovia que liga a região Sul ao Norte, a também chamada na região de Cuiabá Santarém.
A BR 163, que durante muito tempo representou dificuldades no perído de inverno (ou chuvoso) na Amazônia, agora está vivendo um outro momento, por conta da conclusão do asfaltamento até o KM 30 (falta ainda asfaltar do KM 30 até Santarém).
O vídeo destaca o Morro do Moraes por ter sido um dos sérios obstáculos para a condução de caminhoneiros, especialmente. Mostramos também o Morro da Santa Júlia, que era outro ponto considerado crítico, pelos caminhoneiros e demais condutores de veículos. Dessa forma, a BR 163 vai ficando mais ao feitio da expectativa dos usuários da rodovia, que prometia ligar a Região Norte ao restante do Brasil. Após 44 anos desde que foi iniciada a obra, somente em 2019 partes importantes foram asfaltadas, embora a conclusão só deva acontecer até a chegada a Santarém, no estado do Pará.
Na viagem, passamos por: Castelo dos Sonhos, Novo Progresso, Morro da Santa Júlia, Santa Júlia, Morro do Moraes e Moraes de Almeida.
A logística da viagem ficou por conta da Nominal Locadora de Veículos: (93) 99655-1172.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial