Com recursos do MTur, Ouro Preto vai ganhar centro municipal de eventos - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sábado, 14 de março de 2020

Com recursos do MTur, Ouro Preto vai ganhar centro municipal de eventos


Primeiro centro municipal de eventos de Ouro Preto está prestes a ser concluído
A obra, parada há 12 anos, está prestes a ser concluída
Com 97% de execução e R$ 2 milhões investidos pelo Ministério do Turismo, o primeiro centro municipal de eventos de Ouro Preto, em Minas Gerais, está prestes a ser concluído. Com isso, várias atrações - culturais, de lazer e de negócios - antes realizadas no Centro Histórico da cidade, passarão a contar com um local de fácil acesso e próprio para esses tipos de eventos.

Segundo a Secretaria Municipal de Turismo de Ouro Preto, a expectativa é de realizar parte das atrações turísticas do aniversário da cidade, celebrado em 8 de julho, e o Festival de Inverno já no novo espaço.  A obra estava parada há 12 anos e chegou a ser depredada por falta de fiscalização. No local, funcionava a antiga fábrica de tecidos do município, originada em 8 de fevereiro de 1887. O local realizava a fiação e tecelagem de algodão e é, até hoje, uma importante marca histórica da comunidade.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a obra, além de possibilitar o aumento da oferta turística na cidade, valorizou a memória dos moradores da cidade com a preservação do patrimônio cultural, onde trabalharam milhares de descendentes das famílias que hoje vivem em Ouro Preto.

“A realização de grandes eventos no local vai permitir o crescimento do fluxo de turistas na região e a geração de emprego à comunidade. É mais um empreendimento que será entregue pelo Ministério em prol do desenvolvimento local de todas as regiões do país”, destaca o ministro.

POTENCIAL TURÍSTICO - Conhecida por ser uma das cinco principais cidades históricas de Minas Gerais, Ouro Preto foi o primeiro sítio brasileiro considerado Patrimônio Mundial pela Unesco, título que recebeu em 1980.

A cidade é um dos 158 municípios que integram as 30 rotas contempladas pelo Programa Investe Turismo, que tem por objetivo acelerar o desenvolvimento local, além de incrementar a oferta turística das regiões.

Apesar de ter a maior parte do intenso fluxo turístico focado na arquitetura e importância histórica, o município possui um rico e variado ecossistema em seu entorno, com cachoeiras, trilhas seculares e uma enorme área de mata nativa, protegida com a criação dos parques estaduais.

Por Cecília Melo
Crédito: Ane Souz/PMOP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial