Com recursos do Fungetur, um dos maiores aquários do Brasil é inaugurado em Santa Catarina - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 13 de março de 2020

Com recursos do Fungetur, um dos maiores aquários do Brasil é inaugurado em Santa Catarina

Novo aquário de Balneário Camboriú (SC) foi inaugurado ontem (12)
Linha de crédito do MTur, o Fundo Geral do Turismo, financiou R$ 7,2 milhões para a construção do novo atrativo, que deve gerar mais de 400 empregos
Um dos cinco maiores aquários do Brasil, o Oceanic Aquarium, foi inauguradoontem quinta-feira (12.03) em Balneário Camboriú (SC). O local, que conta com 25 habitats e mais de 100 espécies de peixes e animais, teve 40% dos recursos - cerca de R$ 7,2 milhões - financiados pelo Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo. O atrativo já gerou mais de 70 empregos diretos e a previsão é que cerca de 340 novas contratações – diretas e indiretas – sejam feitas nos próximos meses.

O aquário abriu as portas em dezembro de 2019 para visitação e nos dois primeiros meses de funcionamento já atraiu 200 mil visitantes. Agora, o local conta com novas espécies marinhas como filhotes de tubarão gralha-preta, cavalos-marinhos, raias e polvos.

Além da atração de milhares de turistas nacionais e internacionais e a geração de empregos, o empreendimento é uma importante ferramenta para a conscientização e educação ambiental. Com 25 tanques instalados em 2,2 mil metros quadrados, os ambientes foram projetados para abrigar animais que foram resgatados de situações adversas, ou criados em cativeiro, e não possuem mais condições de retorno ao habitat natural.

Parcerias com instituições de ensino regionais para que estudantes de cursos como Biologia e Oceanografia possam fazer estágio no local são alguns dos objetivos do projeto. O Oceanic também tem despertado interesse de países, como o Chile, no intuito de trazer universitários para realizar pesquisas e visitas educativas no aquário.

Durante agenda oficial em Lisboa, Portugal, para a assinatura de acordo de cooperação para revitalizar patrimônios históricos para uso turístico no Brasil, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou a inauguração do Oceanic Aquarium. Segundo o ministro, o local, além de se tornar um atrativo turístico de peso em um dos destinos mais procurados por turistas brasileiros e internacionais, contribui para a geração de emprego e renda na região, um dos principais compromissos do governo federal.

“O atrativo vai diversificar ainda mais a oferta turística em Balneário e em Santa Catarina, possibilitando o desenvolvimento da região, bem como o crescimento econômico e social da comunidade, sempre aliados à preservação dos nossos recursos naturais”, destacou Álvaro Antônio.

Para o sócio-diretor Oceanic Aquarium, Cristiano Buerger Filho, o aquário foi criado e pensado para a conscientização desta e das futuras gerações sobre a preservação ambiental. “Tudo foi pensando para o bem-estar e a qualidade de vida dos animais. É um ambiente para toda a família. É conscientização, somada à educação e lazer”, destaca o diretor.
O Oceanic Aquarium conta com 25 habitats e mais de 100 espécies de peixes e animais. Crédito: Divulgação

ESTRUTURA – O aquário possui dois andares de visitação, nomeados como ‘caminho das águas’, que contam histórias da vida aquática, passando pelo gelo, rios, lagos, florestas tropicais, mangue, costão até chegar no Oceano Atlântico. Outro ponto principal da estrutura é o túnel acrílico que permite ao público passar por baixo do aquário.

Jacarés, tartarugas, diversas espécies de peixes, cobra sucuri, pinguins, são alguns dos animais que já habitam os aquários do Oceanic. Cada recinto conta com uma tela por onde passam informações referentes aos animais, além de diversas placas instrutivas sobre educação ambiental.

No espaço dos jacarés, por exemplo, o teto é retrátil para garantir a exposição solar adequada. As lontras contam com vegetação tropical e os pinguins de Magalhães vivem em ambiente climatizado idêntico ao da costa marinha da Patagônia. “Os recintos cumprem os protocolos de manejo e exigências técnicas dos órgãos ambientais competentes para assegurar o conforto e bem-estar de todos”, acrescenta o biólogo, André Neto. Para a garantia de adaptação dos recintos, todos os animais passam por um período de tratamento e quarentena.

Edição: Rafael Brais
Por Cecília Melo
Crédito: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial