Chocolate e cerveja: Bolsonaro veta alta no “imposto do pecado” - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Chocolate e cerveja: Bolsonaro veta alta no “imposto do pecado”

A medida foi ventilada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Ao desembarcar na Índia, nesta sexta-feira (24/01/2020), o presidente Jair Bolsonaro disse ser contrário ao aumento do “imposto do pecado” que incide sobre cigarro, cerveja e doces em geral.

A ideia foi ventilada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que está no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.
Fonte:Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial