Documento oficializa a transformação de Instituto para Agência de Promoção Internacional do Turismo - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Documento oficializa a transformação de Instituto para Agência de Promoção Internacional do Turismo


Estande da Embratur promovendo o Brasil na New York Times Travel Show 2019, importante feira de turismo da costa leste dos Estados Unidos.
Um passo importante para a consolidação da nova Embratur foi dado nesta terça-feira (24/12). A publicação, no Diário Oficial da União (DOU), do estatuto que cria efetivamente a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo.http://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-n-1-de-19-de-dezembro-de-2019-235210668 Agora, o serviço social autônomo possui um regimento que regula o seu funcionamento com estrutura organizacional, composição social, entre outros itens.

De acordo com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o setor começará 2020 com o pé direito. “Estamos vivendo um momento histórico para o Brasil. É a realização de um sonho antigo e bastante pedido pelo trade turístico. Com a nova Embratur, poderemos investir muito mais na promoção internacional e atrair mais turistas e investimentos para o turismo brasileiro”, destacou.

O ministro complementa ainda que a nova estrutura representa mais um avanço em busca de mercados mais atrativos e competitivos com intuito de beneficiar diretamente a população. “A mudança dará mais agilidade e modernidade à gestão e permitirá a ampliação da presença do Brasil no exterior, com escritórios próprios da Embratur em países estratégicos, com profissionais especializados. Para se ter uma ideia, neste ano a Embratur recebeu apenas US$ 8 milhões por ano para divulgar o País no exterior, enquanto a Argentina investiu US$ 60 milhões, a Colômbia US$ 100 milhões e o México US$ 400 milhões”, afirmou o ministro.

Em encontro realizado na última semana, Marcelo Álvaro Antônio liderou a primeira reunião do Conselho Deliberativo da Embratur, que deu posse à Diretoria-Executiva da agora Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo. O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, é o secretário-executivo do colegiado, que engloba ainda cinco representantes do Poder Executivo Federal (ministérios do Turismo; do Meio Ambiente; das Relações Exteriores; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) e quatro representantes do setor privado do turismo, como a Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), Clia Brasil (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), ABIH Nacional (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis) e CNM (Confederação Nacional de Municípios). Durante a reunião, Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, foi eleito o vice-presidente do grupo.

A Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo ficará responsável, entre outras ações, por formular, implementar e executar as ações de promoção, marketing e apoio à comercialização de destinos, produtos e serviços turísticos do País no exterior. Além disso, poderá realizar, promover, organizar, participar e patrocinar eventos relacionados com a promoção da oferta turística brasileira para o mercado externo, colocando os destinos nacionais em pé de igualdade com os demais países.

Edição: Lívia Nascimento 
Por Victor Maciel e Cecília Melo 
Crédito: Embratur 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial