Projeto que leva a iguaria para a alimentação nas escolas é da prefeitura de Soure, em parceria com o Sebrae - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Projeto que leva a iguaria para a alimentação nas escolas é da prefeitura de Soure, em parceria com o Sebrae

Adepará certifica queijo do Marajó servido na merenda escolar em Soure
Atestada sua qualidade, produto pode ainda ser comercializado em todo o Estado
O queijo do Marajó, iguaria apreciada e premiada nacional e internacionalmente, está sendo servido nas escolas da rede municipal de ensino de Soure, na Ilha do Marajó. O alimento é avaliado por técnicos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará), por meio de um certificado que atesta sua qualidade. Com o registro, é possível comercializar o produto em todo o Estado e até mesmo participar de concursos pelo mundo afora.

A certificação, contudo, depende de um trabalho de inspeção que é solicitado junto à Agência. No caso, a categoria é em nível artesanal, quando a fabricação diária não ultrapassa os mil litros de leite para dar origem a alimentos sólidos. A fiscalização é feita por técnicos que orientam os produtores através de visitas técnicas in loco e palestras. Com isso, a produção segue as normas previstas em lei e o consumidor final recebe um alimento de qualidade.

Feito o pedido, técnicos efetuam vistorias onde o queijo é produzido e dão o parecer sobre as condições de higiene, conservação e armazenamento. Com tudo aprovado, a Agência emite um certificado de qualidade. "A certificação é importante para o reconhecimento do Estado e, por ser um produto artesanal, leva em consideração a produção da agricultura familiar, gerando emprego, renda e garantindo alimentos seguros à população”, informa a gerente de Produtos Artesanais Animal da Adepará, Glaucy Carreira.
O cardápio da merenda nas escolas municipais de Soure é composto por itens da agricultura familiar, incluindo o queijo do Marajó. O projeto é da Prefeitura Municipal, com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Objetivos – Já o trabalho de certificação feito pela Adepará está casado com um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas (ONU), relacionado à segurança alimentar e melhoria da nutrição. O ODS 02 está inserido em uma agenda internacional que visa, dentre outros benefícios, dobrar a renda de pequenos produtores de alimentos, a exemplo dos agricultores familiares, através de uma série de oportunidades de agregação de valor na cadeia produtiva.

Serviço: mais informações sobre a certificação podem ser obtidas no escritório da Adepará de seu município ou pelo telefone (91) 3210-1144, junto à Gerência de Produtos Artesanais de Origem Animal.

Por Sérgio Augusto (ADEPARÁ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial