Setur investe em receptivo, pesquisas, acolhimento e promoção do turismo - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Setur investe em receptivo, pesquisas, acolhimento e promoção do turismo

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) intensifica, no período do Círio de Nazaré, as estratégias de fortalecimento da atividade turística no Pará. Dentre as medidas adotadas estão ação de receptivo nos principais portões de entrada para bem receber o turista que chega à capital paraense, acolhida aos romeiros que se deslocam pelas estradas do Estado a fim de participar da grande procissão e a criação de um novo portal de informações com informações da festividade.

Também são feitas pesquisas e levantamentos estatísticos para melhor conhecer o visitante que participa da festividade religiosa e busca novos atrativos de lazer; passeios turísticos com operadores e agentes de viagem; viagens com comunicadores profissionais de imprensa e digitais influencers das redes sociais; e ainda uma premiação no Círio Fluvial.

O receptivo aos turistas ocorre no Aeroporto Internacional de Belém, Terminal Hidroviário e Rodoviária. Em parceria com a Infraero, o Aeroporto ganha decoração especial até 31 de outubro e terá ação de flash mob de 9 a 11, dança de carimbó de 8 a 11 e ação de "Até Logo" de 14 a 16 de outubro.

Já a rodoviária, com apoio da Sinart, terá de decoração temática, dançarinos de carimbó e distribuição de brindes de 9 a 12 de outubro; enquanto que o Terminal Hidroviário vai contar com apresentação de grupos de carimbó do dia 10 ao dia 14 deste mês, devidamente acordado com a Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH).

Este ano, Setur lança dois novos produtos turísticos: O Caminho de Nazaré e o reformulado site do Círio. O primeiro dará apoio e acolhimento aos romeiros que chegam de cidades próximas, como Benevides, Santa Izabel, Santa Bárbara, Castanhal, e até localidades mais distantes, como Peixe-Boi, Capanema, São Francisco do Pará, entre outros municípios. Já o site do Círio, em regime piloto, inclui a programação cultural e religiosa da festividade. As informações podem ser acessadas no www.cirio.pa.gov.br

Ao todo, serão realizadas famtours com 12 operadoras turísticas e agentes de viagem do Brasil e do exterior de 10 a 18 de outubro, em Belém, Marajó e Santarém. As press trips serão de 10 a 18 de outubro, com jornalistas e digitais influencers conhecendo Belém e o Marajó.

Em parceria com a Marinha e a Capitania dos Portos, a Setur também promove mais uma edição do Concurso de Ornamentação das Embarcações do Círio Fluvial, na manhã do sábado, dia 12 de outubro, nas águas da Baía do Guajará.

Pesquisas - Este ano, a Setur vai coordenar duas pesquisas estatísticas para conhecer melhor qualitativamente e quantitativamente a festividade religiosa, com o olhar também de produto turístico. Um total de 60 pesquisadores estará, entre os dias 10 e 13 de outubro, das 0h às 24h, em pontos estratégicos, como Centro Arquitetônico de Nazaré, Praça da República e Feliz Lusitânia, para realização, em parceria com o Dieese Pará, da já tradicional pesquisa do Perfil do Turista do Círio.

Este ano, ao longo do percurso dos romeiros que vem das cidades vizinhas, será feita uma pesquisa inédita do Perfil dos Peregrinos do Círio, em conjunto com a Uepa e o pesquisador Ricardo Frugoli, um dos maiores especialistas em Círio do Brasil. As pesquisas realizadas permitem melhorar ainda mais a qualidade do receptivo ao turista.

Números - Cerca de 83 mil pessoas vão visitar a capital paraense em outubro para as festividades do Círio 2019, um aumento de cerca de 3 % em relação ao número de turistas do mesmo período de 2018. O evento religioso também tem uma estimativa de gasto médio dos turistas para este ano, de aproximadamente US$ 31 milhões de dólares. Os dados são produzidos conjuntamente pelo Dieese Pará e Setur.

O estudo mostra ainda que os principais estados emissores de turistas para o Círio são Maranhão, com 14%, seguido de São Paulo, com 11%, Ceará, com 9% e Rio de Janeiro, com 8%. As pessoas com idade entre 35 e 50 anos são as que mais marcam presença na festividade religiosa, com 41%. Um dos dados mais relevante apontado pelo estudo é que 94% das pessoas que visitam Belém para o Círio têm intenção de retornar, o que comprova a força do evento como fator de incremento do fluxo de turistas para o Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial