Cores e batuques do Arrastão do Pavulagem homenageiam Nossa Senhora de Nazaré - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sábado, 12 de outubro de 2019

Cores e batuques do Arrastão do Pavulagem homenageiam Nossa Senhora de Nazaré

Desde cedo, as cores e os batuques do Arrastão do Pavulagem animaram o entorno da Praça Pedro Teixeira, que no final da manhã deste sábado recebeu a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, ao final da Romaria Fluvial. A festa começou antes mesmo da chegada do também conhecido como Círio das Águas, com a concentração do "Batalhão da Estrela" - nome dado ao grupo de percussionistas que compõem o arrastão - na Av. Boulevard Castilho França, bem em frente à sede do Instituto Arraial do Pavulagem.

Cerca de 500 pessoas, entre brincantes e integrantes do Instituto, participaram da programação. A auxiliar de escritório Joasely Castro estava lá desde cedo. Há mais de 20 anos ela participa do arrastão, tanto no cortejo junino quanto no do Círio, e faz questão de prestar essa homenagem à padroeira dos paraenses. "A emoção que a gente sente ao estar pertinho dela é inexplicável e estar participando do Batalhão é uma oportunidade de estar ainda mais pertinho dela, para agradecer e também homenagear", disse.

Para o músico Júnior Soares, que junto com Ronaldo Silva lidera a banda do Arraial do Pavulagem, é sempre uma emoção diferente. "Apesar de fazermos isso todos os anos, é sempre uma nova emoção, é aquele frisson de chegar esse momento e fazer essa homenagem à Nossa Senhora. Com certeza a gente dá o melhor da gente para que as pessoas se divirtam e para que tenham um momento mais lúdico perto da grande padroeira dos paraenses", falou.

Por volta de 11h10, a grande homenageada chegou na Escadinha da Estação e, ao passar pela Praça Pedro Teixeira, foi recebida ao som dos trompetes, dos tambores e das baquetas do Arrastão. Durante o cortejo, que este ano mudou de trajeto, os brincantes levaram objetos de miriti em formato de animais, barcos, flores, puxados pelos pernaltas e dançarinos, que saudaram a Virgem de Nazaré.

Embalado pelo som dos trompetes, da vibração da percussão e o som do reco reco, o novo trajeto saiu da Av. Marechal Hermes esquina com a Av. Presidente Vargas, seguiu até o Sesc Ver-O-Peso e retornou à Praça dos Estivadores, onde estava montado o palco para o show da banda do Arraial. Antes da apresentação, uma roda ancestral se formou no centro da praça, e foram cantadas músicas indígenas e do Arraial do Pavulagem.

O Arraial do Pavulagem existe há 33 anos e desde 2003 realiza o cortejo do Círio que, segundo o presidente do Instituto, Rubens Stanislaw, seria uma continuidade da Romaria Fluvial pelas ruas de Belém. "É sempre muita alegria fazer mais um arrastão do Círio, prestar essa homenagem à Nossa Senhora de Nazaré e é como se fosse uma continuidade da Romaria Fluvial pelas ruas de Belém. Nós fazemos a nossa homenagem com a barca, os brinquedos de miriti, simbolizando todo ese processo lúdico", falou.

E quem nunca participou da festividade, gostou do que viu. Foi o que disse a turista Rita Castro, do Espírito Santo. "Eu já estive em Belém antes, mas essa é a primeira vez que participo do Círio. Nunca tinha visto nada parecido, com essas festividades típicas. É uma fé muito grande, eu estou admirada, porque sabia da festa, mas não sabia que era contagiante. Eu vi na procissão fluvial e agora vou acompanhar o cortejo do Arrastão até o show", relatou com entusiasmo a capixaba.

Novo trajeto - Este ano, a Praça dos Estivadores foi o palco do tradicional cortejo do Círio do Arrastão do Pavulagem. O espaço, famoso pelas homenagens durante o percurso do Círio de
Nazaré, é visto hoje pelo Instituto Arraial do Pavulagem como um ponto de encontro, ensaio e mobilização pela cultura popular. Na Praça está localizada a sede do Instituto, que mobiliza crianças, jovens e adultos por essa paixão pela música, dança, ritmo e trabalho do Boi Pavulagem.

Saindo da Av. Marechal Hermes, bem de esquina com a Av. Presidente Vargas, o cortejo seguiu até o Sesc Ver-O-Peso, deu a volta e retornou à Praça dos Estivadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial