Cinema de Belém e Santos é atração no Encontro Latino-americano das Cidades Criativas - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Cinema de Belém e Santos é atração no Encontro Latino-americano das Cidades Criativas

Capital criativa da América Latina, neste mês de outubro, Belém recebe uma ampla programação cultural, da gastronomia, ao design, música e artesanato. O cinema ganha destaque nesta sexta-feira, dia 4, das 14h às 16h, e sábado, dia 5, a partir de 16h30, com a mostra de curtas metragens que reúne filmes do Pará e de Santos (SP) na histórica sala de cinema do Olympia. A entrada é franca.

A mostra, que integra o Encontro Latino-americano de Cidades Criativas da Unesco, exibe ao público quatro curtas paraenses e dez produções de Santos, em São Paulo, que  o único local do Brasil eleito Cidade Criativa do Cinema pela Unesco. O premiado cineasta Dandi Queiroz virá de Santos para participar de um bate-papo com o público no sábado, dia 5.

Paraenses - Do Pará, serão exibidos os curtas “Ópera Cabocla”, de Adriano Barroso; “Açaí com Jabá”, de Alan Rodrigues, Marcos Daibes e Walério Duarte; “Chama Verequete”, de Rogério Parreira e Luiz Arnaldo Campos; e “Cadê o Verde que Estava Aqui”, de Biratan Porto.

"A programação trará filmes que falam da nossa terra, oportunizando aos participantes do evento que conheçam um pouco da nossa cultura, por meio da sétima arte", destaca a gerente do Cine Olympia, Nazaré Moraes, curadora das obras paraense que compõem a programação.

Santos - De Santos (SP), serão exibidos “Super”, de Ricardo Bueno; “Árvore”, de Fabiana Conway e Gabriella Drummond; “Anamnese”, de Daniela Yoshikawa, Mônica Donatelli e Pedro Maufera; “Nome Provisório”, de Bruno Arrivabene e Victor Alencar; “O Pequeno Monstro”, de Kauê Nunes e Nildo Ferreita; “Feira Livre”, de Dino Menezes; e “13 Maneiras de se Rodar em Terras Caiçaras”, do Coletivo Dose de Inspiração.

Haverá ainda uma mostra sobre a produção do cineasta Dandi Queiroz, quando serão exibidos três curtas com direção dele. Os filmes são “Tocando Meu Destino” (2015), documentário sobre o músico nordestino Lulinha Alencar, selecionado em várias mostras e festivais de norte a sul do Brasil; “Por Ela” (2015), ficção premiada como melhor filme categoria ficção e menção honrosa no 1º Festival Canedo de Cinema – Goiás (GO), em 2016; e “Pelo Nosso Olhar” (2018), resultado de uma residência artística em Busan, Cidade Criativa em Cinema da Coréia do Sul. Único selecionado do Brasil, Dandi produziu e dirigiu em 15 dias o curta com elenco e equipe coreanos.

Encontro - Belém sedia o Encontro Latino-americano das Cidades Criativas, de 3 a 5 de outubro. A capital do Pará é uma das Cidades Criativas da Gastronomia, título concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 2015. Com o reconhecimento, Belém passou a integrar uma rede internacional de 180 cidades espalhadas por 72 países.

Serviço: Mostra de Curtas Metragens Pará/Santos, dia 4, das 14h às 16h, e sábado, dia 5, a partir de 16h30, no Cinema Olympia. Entrada franca. Bate-papo com o cineasta Dandi Queiroz, no sábado, dia 5.

Texto:
Prefeitura Municipal de Belém

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial