Chef Maycon Araújo conquista concurso de culinária em Canaã - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Chef Maycon Araújo conquista concurso de culinária em Canaã

“Bora pra Cozinha” fez parte da programação da IV Fenecan
 Um nhoque de banana com ragu de língua, acompanhado de farofa de pão e alho, conquistou o júri do concurso “Bora pra Cozinha”, da IV Feira de Negócios e Festival de Gastronomia de Canaã dos Carajás (Fenecan), que termina neste domingo (6), com show do padre Alessandro Campos. O prato foi montado pelo chef Maycon Araújo, diante da plateia e do corpo de jurados formado pelos chefs Eduardo Avelar, Rogério Muraoka e Joanne Ribas, que, antes de anunciarem o resultado final, elogiaram todos os participantes do concurso e revelaram a surpresa em conhecer a culinária da região de Carajás. O segundo lugar do concurso ficou o chef Rodrigo Domingues, que preparou um peixe grelhado acompanhado de camarão, purê de inhame e molho de jambu. Quem provou os pratos, aprovou. A receita do chef campeão será disponibilizada por ele daqui a alguns dias na internet.

 O concurso “Bora pra Cozinha” foi coordenado pelo chef mineiro Eduardo Avelar. Ele disse que os pratos finalistas atenderam todos os critérios propostos no certame, que tinha como regra básica o uso de temperos e produtos regionais nas misturas culinárias.

“A gastronomia precisa ser vista como um dos elementos culturais de uma região. Aqui nos Carajás, tem uma vasta produção de carnes, frangos, peixes e uma variedade também de hortaliças, verduras, temperos, frutas, mel, alimentos que podem ser associados à culinária tradicional e a que pode ser criada num circuito alternativo”, ensinou.

 O prato vencedor usou essa dica. O chef Maycon Araújo contou que usou a banana da terra de última hora. “Eu fui à feira bem cedo com algumas ideias, mas nada ainda definido, então eu vi a banana da terra e decidi fazer o nhoque, que tem origem na cozinha italiana. A língua entrou como elemento exótico, o resto foi o tempero e a farofa de pão caseiro com alho”, disse o campeão, que dedicou a vitória a sua família, especialmente sua esposa, Renata, que não entende quase nada de cozinha. “O prato é pra ela e pra minha filha, também”, completou.

O momento mais esperado do concurso reuniu uma plateia atenta e foi transmitido ao vivo pelo Portal da Prefeitura de Canaã. Os dois candidatos finalistas tiveram uma hora e meia para preparar os pratos. O chef Eduardo mantinha a plateia ligada, dando dicas sobre propriedade e riqueza nutricional dos alimentos. As esposas dos concorrentes, Renata Rodrigues, mulher de Maycon, e Keyla Domingues, esposa de Rodrigo, não escondiam a aflição.

“Tô muito nervosa, torcendo aqui pelo Maycon, que é muito esforçado, dedicado e o inventor de pratos maravilhosos que conquistam toda a família”, disse Renata. Já a mulher de Rodrigo contou que o marido tem uma mágica nos temperos. “Tudo que ele faz é bom. Parece que ele tem um pozinho mágico que deixa a comida saborosa”, conta. O casal mantém uma hamburgueria na cidade de Canaã.

O prefeito de Canaã, Jeová Andrade, também foi provar a delícia campeã. “Aqui em Canaã nós temos muitas misturas de sabores e culinárias tradicionais de outros Estados como Minas Gerais, Bahia, Goiás, São Paulo, e de Belém, nossa capital. Então, esse concurso é para valorizar o nosso circuito, a criatividade dos chefs. Eu estou muito feliz com o resultado e digo que a Prefeitura vai continuar apoiando o concurso”, adiantou.

 O concurso “Bora pra Cozinha” foi realizado durante quatro dias, sendo os três primeiros de fase eliminatória. Todos os pratos foram montados na própria cozinha do concurso, que funcionou no complexo da IV Fenecan. Familiares, amigos e colaboradores da Prefeitura participaram ativamente da programação. O chef Eduardo Avelar, que é mineiro e já conhece a região há algum tempo, ficou emocionado com o carinho e interesse dos participantes em aprender e trocar experiências. Ele ensinou que a gastronomia é fonte de crescimento sócio-econômico, de agregação de valores e de respeito à produção local dos alimentos.
Por:Benigna Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial