Vem ai a pauta explosiva do STF! - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Vem ai a pauta explosiva do STF!


Sob a presidência de Dias Toffoli, o STF vai iniciar uma série de julgamentos que pode fragilizar qualquer investigação no Brasil.

Pode fragilizar a Lava Jato:

As pautas com potencial explosivo devem começar a ser apreciadas no próximo mês.

E é possível que tudo esteja resolvido até o fim do ano.

Então, a luta contra o malfeitos no país pode ter sofrido grandes derrotas.

Leia a seguir trecho de apuração exclusiva do repórter Caio Junqueira que investiga o assunto a fundo, detalhando os principais julgamentos a serem realizados na Corte:

No cardápio estão a ação que prevê o fim da prisão imediata após julgamento em segunda instância, a liminar do próprio Toffoli que interrompeu os trabalhos do antigo Coaf, rebatizado como Unidade de Inteligência Financeira, a suspeição de Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o caso recente em que uma das turmas da corte anulou a sentença de Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil. A ideia é que todos esses casos estejam decididos até o fim do ano. Uma parte dos ministros trabalha para acelerar os casos – se possível, julgando uma boa parte deles ainda em outubro. Toffoli tem evitado confirmar as datas por uma razão estratégica. A ideia é levar os assuntos à pauta com poucos dias de antecedência, para evitar grandes mobilizações contra o tribunal nas redes sociais e nas ruas. Ele sabe que o pacote coloca o STF mais uma vez contra a população – e, por óbvio, pode colocar a população contra o STF.

Sim, o tribunal deve anunciar e julgar as pautas rapidamente.

É uma forma de evitar a mobilização da sociedade contra questões francamente antipáticas, como a liberdade de condenados em segunda instância, que pode libertar Lula.

Você pode ser surpreendido com a realização e os resultados dos julgamentos depois que eles ocorrerem. Ou pode saber em primeira mão o que se passa nos bastidores do STF e se preparar para o que virá.

Fonte:Crusoé

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial