Saiba por que o Brasil é o primeiro país a discursar na Assembleia Geral da ONU - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Saiba por que o Brasil é o primeiro país a discursar na Assembleia Geral da ONU


O presidente da República, Jair Bolsonaro, abre nesta terça-feira (24) os discursos de chefes de Estado e de governo na 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas. A fala inicial do Brasil cumpre uma tradição desde 1947, quando o diplomata Oswaldo Aranha presidiu a Assembleia em dois momentos. Primeiro, entre abril e maio, quando o Reino Unido solicitou uma convocação extraordinária para discutir o status da Palestina, que desde o fim da Primeira Guerra Mundial estava sob um mandato britânico. E depois, em novembro de 1947, quando esteve à frente da 3ª Assembleia Geral das Nações Unidas que discutiu e aprovou a criação do Estado de Israel. Sediada em Nova Iorque (EUA), a Organização das Nações Unidas (ONU) é formada por 193 países. O organismo foi fundado em 24 de outubro de 1945 para trabalhar pela paz e desenvolvimento com a ratificação da Carta das Nações Unidas pela China, Estados Unidos, França, Reino Unido e a ex-União Soviética, bem como pela maioria dos signatários. O Brasil é um dos 51 membros fundadores. A primeira reunião da Assembleia Geral ocorreu em Londres, em 1946, quando foi decidido que a sede permanente seria nos Estados Unidos. Ficou definido que a comunicação seria em seis idiomas oficiais: inglês, francês, espanhol, árabe, chinês e russo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial