Barco Hospital Papa Francisco atende população de Santarém nesta quarta e quinta-feira - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Barco Hospital Papa Francisco atende população de Santarém nesta quarta e quinta-feira

Barco ficará no Estado e percorrerá toda a região da Calha Norte
A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) está oferecendo vários serviços de saúde à população de Santarém no barco hospital Papa Francisco, mantido pela Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, que está nesta quarta (11) e quinta-feira (12), ancorado na orla do município, em frente à praça matriz.

Sempre entre 8h e 17 horas, a equipe técnica da Sespa disponibilizará no interior da embarcação consultas médicas e odontológicas, além de procedimentos de Enfermagem, verificação de glicemia e pressão arterial; testes rápidos para HIV, sífilis e hepatites B e C; exames de laboratório; mamografia; vacinação; raio-x e orientações de educação em saúde alusivas à campanha “Setembro Amarelo”, de prevenção ao suicídio.
As ações em Santarém já estavam previstas de acordo com o termo de fomento assinado em agosto deste ano, em Belém, entre o governo do Estado e a Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, para uso do barco nas ações de atendimento médico, odontológico e outros serviços de saúde em cidades da região da Calha Norte, no Baixo Amazonas.

Com 32 metros de comprimento, o barco está cobrindo um percurso de mil quilômetros ao longo do Rio Amazonas, em território paraense, a fim de levar atendimento médico por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) aos usuários que têm dificuldade de acesso aos serviços também nos municípios de Alenquer, Almeirim, Curuá, Faro, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Terra Santa e Juruti.

O termo assinado prevê um apoio mensal da gestão estadual na ordem de R$ 397 mil. “Por um período de um ano, o termo permitirá o funcionamento do barco que vai se deslocar por toda Calha Norte, reforçando os serviços da atenção básica e melhorando os indicadores de acesso e de qualidade de saúde para as pessoas que vivem nessas áreas tão afastadas dos centros urbanos localizados do Pará”, explicou na ocasião o secretário de Saúde do Estado, Alberto Beltrame.

Além de Santarém, as ações continuarão de acordo com o mapeamento da região, com objetivo de conhecer as principais necessidades das comunidades locais, e terão apoio do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, das Secretarias Municipais de Saúde, líderes comunitários e do 9º Centro Regional de Saúde (CRS) vinculado à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Até julho de 2020, a parceria deve cumprir uma meta de realizar 12 mil consultas médicas clínicas e especializadas, seis mil atendimentos oftalmológicos, cinco mil consultas odontológicas, 4,6 mil mamografias, 4,6 mil ultrassonografias, 1,5 mil eletrocardiogramas, 1,5 mil testes ergométricos, 40 mil exames laboratoriais, 1,1 mil cirurgias de baixa complexidade e 380 internações em regime de hospital-dia.

“Teremos ainda o apoio dos hospitais mantidos pela Associação em Juruti e em Óbidos para possíveis encaminhados para atendimentos em média complexidade”, explica a secretária adjunta de Gestão de Políticas de Saúde, Ivete Vaz, ao lembrar que, em casos de calamidade, catástrofes, inundações e outras situações emergenciais, a embarcação poderá se deslocar a outras regiões de acordo com a necessidade.

Construído em Fortaleza, no Ceará, o barco surgiu a partir do incentivo do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude 2013, que no período visitou um hospital, no Rio de Janeiro, administrado pela Associação e Fraternidade São Francisco e questionou se a Associação já havia implantado o projeto de assistência médica na Amazônia. “A partir desse encontro foi iniciada a missão de levar atendimento à população ribeirinha”, relembrou o frei Francisco Belotti.

Por Mozart Lira (SESPA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial