Governador e gestores da segurança pública recebem neste sábado esposas de PMs - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sábado, 1 de junho de 2019

Governador e gestores da segurança pública recebem neste sábado esposas de PMs

O governador do Pará, Helder Barbalho, junto com os gestores da Segurança Pública do Pará, receberão neste sábado (1º de junho), às 11 h, representantes das associações de esposas de policiais militares, no Palácio do Governo. Na reunião, serão expostos as medidas tomadas objetivando manter a ordem pública e a segurança da população, após cinco dias de diversas tentativas de diálogo com o grupo, que manteve a ocupação no 6° Batalhão de Polícia Militar, no bairro da Campina, em Belém, bem como as ações em andamento, a fim de garantir melhores condições de vida e trabalho para os militares. Esta será a quarta reunião em cinco meses com a categoria.

Uma reunião estava marcada com o governador e a cúpula da segurança, na sexta-feira (31), e uma comissão das associações, desde que elas desocupassem o prédio do 6° BPM. Como não houve o cumprimento do acordo, a reunião foi cancelada.

Item atendido - Na quarta-feira (29), as esposas condicionaram a paralisação do movimento se fossem recebidas pelos gestores estaduais. O grupo de mulheres foi atendido não somente pela cúpula da segurança, mas também por outros secretários, como da Educação e Planejamento, e diretores do Banco do Estado do Pará (Banpará). Houve o diálogo, o primeiro item da pauta foi atendido, referente ao aumento do aluguel social, mas ainda assim a ocupação no batalhão não foi desfeita, o que impossibilitou a continuação da reunião.

Garantia de direitos - Entre as medidas ofertadas pelo Governo está uma linha de crédito específica, com juros mais atrativos, pelo Banco do Estado do Pará (Banpará). A proposta está sendo formulada para que agentes de segurança possam adquirir imóveis já prontos, além da elaboração do projeto para a construção de conjuntos habitacionais, em áreas já identificadas nos municípios de Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), Marabá (sudeste) e Santarém (oeste). Outra iniciativa é a ampliação dos cursos de autodefesa para policiais militares - recurso que pode ser usado especialmente quando estiverem de folga -, no Instituto de Ensino de Segurança Pública (Iesp).



Texto: 
Aline Saavedra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial