Estado autoriza recuperação da PA-424, em Igarapé-Açu - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Estado autoriza recuperação da PA-424, em Igarapé-Açu

O governador Helder Barbalho autorizou as obras de recuperação da Rodovia PA-424, no trecho que vai da sede municipal de Igarapé-Açu até a localidade de Santo Antônio do Prata. Demanda antiga da população local, a recuperação da rodovia foi autorizada no final da tarde desta terça-feira (4), durante reunião no Palácio do Governo, em Belém, com o prefeito, vereadores e secretários municipais de Igarapé-Açu, no nordeste paraense.
Segundo o prefeito Ronaldo Sales, o município foi muito atingido pelas chuvas do "inverno amazônico", que se intensificam nos primeiros meses do ano, o que tornou intrafegáveis algumas estradas e vicinais que dão acesso às comunidades do interior. Helder Barbalho assumiu o compromisso de colaborar com a manutenção dessas vicinais, e também de incluir escolas de Igarapé-Açu na grande ação de recuperação que será realizada pelo governo do Estado no próximo mês de julho.

“Hoje, a rede pública estadual tem cerca de 930 escolas. Dessas, pelo menos 600 estão em situação precária. Nós estamos destinando recursos para que, no mês de julho, para não prejudicar as aulas, possamos entrar com um trabalho de recuperação emergencial nessas escolas que estão precisando com maior rapidez”, explicou o governador.

O chefe do Executivo estadual se comprometeu a visitar Igarapé-Açu em breve, onde está sendo concluída a reforma do Hospital Municipal, que também recebeu recursos do Tesouro do Estado e terá apoio para o custeio das atividades. 

“Nós estamos muito agradecidos ao governador Helder Barbalho pela sensibilidade em ouvir e atender nossas demandas, não só na área de infraestrutura, mas também de saúde, educação e segurança pública, pois ele colocou o Estado à disposição da nossa guarda municipal, que em breve pretendemos formar”, disse o prefeito Ronaldo Sales.

Igarapé-Açu hoje tem cerca de 40 mil habitantes e tem a base de sua economia no cultivo da pimenta e do dendê, e na pecuária, que cresce na região.
Produtores rurais – Helder Barbalho também recebeu, no Palácio do Governo, representantes de várias associações de produtores rurais de São Félix do Xingu, no sul do Estado, que vêm pleiteando ao governo federal a revisão da área indígena Apyterewa. Segundo os produtores, os próprios indígenas que vivem na região reconhecem que a área delimitada está muito além do espaço tradicionalmente ocupado por eles, prejudicando atividades como pecuária e agricultura.

O governador do Estado se dispôs a mediar a questão com o governo federal, em especial com o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, pasta onde está alocada a Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo o representante legal das associações, Igor Franco, o que os produtores rurais querem é a revisão do laudo antropológico que serviu de base para a demarcação da terra indígena, “tendo em vista que os próprios caciques da região já reconheceram que ali não é terra deles”.

Por Elck Oliveira (SECOM)
Credito:Marcelo Seabra/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial