Governador visita obras do Taboquinha e Hospital Abelardo Santos em Icoaraci - JORNAL PASSAPORTE

ULTIMAS

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Governador visita obras do Taboquinha e Hospital Abelardo Santos em Icoaraci

Governador visita obras do Taboquinha e Hospital Abelardo Santos em Icoaraci
Dois dos mais importantes projetos do Governo do Estado no distrito de Icoaraci estão em fase de conclusão. O Projeto Taboquinha, de urbanização e revitalização de uma das mais importantes áreas de moradia do distrito e a reconstrução do Hospital Abelardo Santos, um dos maiores da Região Metropolitana de Belém. Nesta sexta-feira, 5, o governador Simão Jatene visitou as duas obras. “Nosso objetivo é entregar, até dezembro, todas as obras que ainda estão em andamento no Estado”, disse o governador.
Antes uma área degradada, com alagadiços e pessoas morando em palafitas, o Taboquinha (193.462,27 km²) passou por um completo e complexo programa de revitalização. O número de unidades habitacionais entregues hoje é de 713, beneficiando 1.862 famílias. As ruas, antes tomadas pela lama e pela poeira, estão sendo asfaltadas e já ganharam rede de esgoto (9,45km) com estação de tratamento, rede de abastecimento de água (2,74 km), drenagem pluvial (6,55 km) e novas pontes de acesso às vias. O conjunto ganhou um centro Comunitário e áreas de lazer.
Na visita desta sexta-feira, o governador viu o andamento das obras de revitalização dos canais e igarapés que cercam a área. Um dos destaques é a recuperação do Igarapé Cubatão, que passa por obras de limpeza para, no futuro, resgatar a função dos pescadores de Icoaraci. Outro ponto visitado foi a obra de recuperação (gabião), dragagem e construção de margens dos Lagos 2 e 3, onde estão sendo construídos diques, praças e outros equipamentos que irão revitalizar totalmente uma área antes bastante degradada. “Nós tínhamos aqui uma área muito degradada, com ausência completa de saneamento e sem nenhuma condição de habitabilidade”, disse a presidente da Companhia Paraense de Habitação, Lene Farinha. “A ideia é que, mais adiante, não apenas o Igarapé Cubatão, mas esses lagos também voltem a ser produtivos, para voltar a gerar renda à população e resgatar a função dos pescadores de Icoaraci”, disse a presidente.

O projeto tem investimento de R$ 111.282.926,00, sendo R$ 57.511.058,00 de contrapartida do Tesouro do Estado e R$ 53.771.868,00 do Governo Federal.
Hospital Abelardo Santos

Do Taboquinha, o governador seguiu para o Hospital Abelardo Santos. Com 90% das obras concluídas, o hospital entrou na fase de acabamento, que prevê pintura total, colocação do piso e revestimentos. O novo Abelardo Santos tem entrega da obra prevista para o fim de outubro. A chegada dos equipamentos começa em novembro, com o hospital sendo entregue à população até o final deste ano.
Na visita, o governador foi informado de alguns pequenos detalhes a serem resolvidos, como a finalização da rede de energia elétrica e a expedição de alvarás de licenciamento por parte do município. O governador fez questão de deixar claro, durante a visita, que o hospital não será privatizado. “O Abelardo Santos é um hospital público e continuará sendo público”, disse Simão Jatene. “Toda a população de Icoaraci, da Região Metropolitana de Belém e locais próximos poderá vir aqui e ter o melhor dos atendimentos, inteiramente de graça”, ressaltou o governador.
Inteiramente reconstruído, o novo Abelardo Santos terá um prédio com 10 andares e será o maior hospital público da Região Metropolitana de Belém, beneficiando cerca de 1,2 milhão de pessoas. Com mais de 28 mil metros quadrados, a obra de construção e aparelhamento do novo hospital tem aporte financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com investimentos de R$ 196 milhões.
Após a entrega, a população passará a contar com serviços de clínica pediátrica, cirúrgica, médica e de traumatologia, terapia renal, unidade de transplante, maternidade, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) infantil e adulto, centro cirúrgico com seis salas, laboratório de análise clínicas, serviço de reabilitação e centro de diagnóstico por imagem, que fará exames mais modernos de mamografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada.

De alta complexidade, o Hospital Abelardo Santos vai ofertar à população 800 leitos. Desses, 90 serão de UTI – que ocupará um andar inteiro do prédio – 150 leitos operacionais de internação e mais cinco leitos de PPPs da Rede Cegonha e mais 24 leitos de observação de urgência/emergência, desenvolvido a partir do perfil assistencial estabelecido, onde já estão contemplados ambientes/serviços referentes ao Programa da Rede Cegonha, Neonatologia Completa com UTI e UCIs, UTIs Adulta e Pediátrica, Banco de Leite Humano, Centro Cirúrgico/Obstétrico, Unidades de Internação Pediátrica e Obstétrica.

Ecologicamente correto, o hospital terá em seu 10º andar uma laje técnica, espaço onde será instalada parte dos equipamentos de ar condicionado, placas solares e boiler-tanque que armazena e mantêm a água sempre aquecida. O 9º e 8º pavimentos serão destinados à expansão de atividades da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa).

A feira livre que funciona ao lado do hospital será remanejada para um local mais limpo e organizado, já em fase final de conclusão, com mais de 70 boxes. Ainda durante a visita, o governador ressaltou que o Abelardo Santos será entregue ainda este ano, durante sua gestão. “O Abelardo Santos será entregue à população, ainda em 2018 e para isso estamos já na fase final de acabamento e aguardando o início da entrega dos equipamentos”, concluiu o governador.

Texto:
Pascoal Gemaque
Fotos:Cristino Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial