ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasil e Emirados Árabes assinam acordo de cooperação no Turismo

Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, e xeque Abdullah bin Zayed Al Nahyan em solenidade de assinatura do acordo. Foto: Roberto Castro/MTur

Primeiro memorando de entendimento entre as duas nações prevê ações para estimular a atração de investimentos e o fluxo de viagens
O ministro do Turismo do Brasil, Marcelo Álvaro Antônio, e o chanceler dos Emirados Árabes Unidos, xeque Abdullah bin Zayed Al Nahyan, assinam na manhã desta sexta-feira (15) um memorando de entendimento entre os dois países para aprofundar a cooperação bilateral no campo do turismo. A assinatura acontece em cerimônia no Ministério das Relações Exteriores, durante a visita oficial do chanceler ao país.

De acordo com o documento, em construção desde o ano passado, o objetivo é que os países facilitem as formalidades e procedimentos alfandegários, de acordo com suas leis, para intensificar o intercâmbio turístico e encorajar investimentos públicos e privados, no campo do turismo, pelas duas nações. O texto prevê, ainda, a promoção de intercâmbio de informações turísticas e de materiais promocionais, filmes e materiais de exposição.

“Estamos muito animados em assinar essa importante parceria com os Emirados Árabes Unidos. Nossa meta é estreitar laços e intensificar o fluxo turístico entre os dois países, uma medida que sinaliza o movimento que o Brasil vem fazendo neste governo de se abrir ao mercado externo. No turismo, ele se traduz com incentivos à atração de investimentos estrangeiros no setor, bem como o estímulo à visitação de turistas internacionais que desejam conhecer nosso país”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

ACORDO - Este será o primeiro documento de cooperação específico no campo de turismo entre os países, com o objetivo de promover e fortalecer as relações e a cooperação entre Brasil e Emirados Árabes Unidos. Sabendo da importância do turismo como fator de desenvolvimento econômico e de conhecimento mútuo entre os povos, a medida deverá se confirmar como um importante passo em direção a novas parcerias entre as nações.
Fonte:MTUR
Edição: Vanessa Sampaio
Por Lívia Nascimento

Nenhum comentário