ÚLTIMAS NOTÍCIAS

II Circuito de Moda debate consumo consciente e representatividade no mundo fashion

Fernando Hage coordena o evento que debate criação e moda consciente — Foto: Divulgação
II Circuito de Moda debate consumo consciente e representatividade no mundo fashion
Programação começa nesta quinta, 13, e traz coleção inédita criada por jovens talentos da moda paraense
A autenticidade da moda paraense, debates atuais como consumo consciente e representatividade no mundo fashion conduzem a programação do II Circuito de Moda, que começa nesta quinta-feira (13) e segue até sábado (15), em Belém. Com entrada franca, o evento, reúne especialistas sobre moda e exibe uma coleção inédita criada por novos talentos da região.
“O mercado da moda é dinâmico e, enquanto consumidores, é importante termos consciência que, ao comprar roupas criadas por produtores locais, estaremos fortalecendo toda a cadeia produtiva: desde a costureira, o fornecer, ao estilista, e valorizando os elementos culturais e a cena do Pará”, diz Fernando Hage, coordenador do curso de Moda da Unama.

A programação abre às 17h, com o bate-papo “Representatividade na Moda”. Rui Martins Jr, historiador e antropólogo da moda, debate o tema ao lado de Larissa Couto, digital influencer e estudante e psicologia.

Uma tendência social que transformou o comportamento do mercado, a discussão sobre minorias e diversidade sinaliza um novo momento cultural e político do mundo. “Nossos corpos estão cheios de simbologia de nossas raízes. Temos dezenas de tons de pele, traços fortes e misturados de indígenas e negros; somos baixos, gordos, e temos curvas, e cabelos ‘despadronizados’. Somos infinitamente diferentes entre nós, e precisamos lembrar, sempre, que diversidade protege diversidade”, destaca Mônica Horta, jornalista e artista têxtil.

Na sexta (14), o professor Fernando Hage e Amanda Campelo, blogueira e jornalista, abordam o tema “Moda Consciente”. “Consumo consciente não é necessariamente sobre escolher um produto eco-friendly, mas sim sobre ser consciente do que se está comprando: sua matéria-prima vem de onde, quais relações de trabalho estão por trás, qual valor social agregado? Consumir algo de melhor qualidade pode ser uma opção quando pensamos em sustentabilidade, porque a peça vai durar mais e não vai virar lixo em pouco tempo”, diz Hage.

No sábado (15), a programação traz Yorrana Maia, designer e professora de moda, e Amanda Tupiassu, consultora de Estilo Pessoal, para o bate-papo sobre “Identidade e estilo”.

Em seguida, haverá o desfile inédito da coleção “Samba”, criada por alunos da Unama em 2017, em homenagem aos 100 anos do samba no Brasil. “São peças inspiradas em canções de grandes sambistas. Os alunos criaram um editorial de moda e agora, pela primeira vez, os looks irão para a passarela”, diz Hage.

Serviço

II Circuito de Moda, de 13 a 15 de setembro, a partir de 17h, no Parque Shopping, localizado na Augusto Montenegro. Entrada Franca.


Por G1 PA, Belém

Nenhum comentário