Últimas Notícias

Ponto de Apoio amplia passeios para pessoas com deficiência e idosos no Utinga





Ponto de Apoio amplia passeios para pessoas com deficiência e idosos no Utinga

Projeto utiliza bicicletas adaptadas para promover momentos de lazer e descontração no do Parque do Utinga

A bicicleta é um importante meio de deslocamento que pode ser utilizado como um instrumento de interação com a natureza e inclusão social. E é isso que propõe o projeto Ponto de Apoio com suas “magrelas” adaptadas para pessoas com deficiência ou idosos com mobilidade reduzida. Sua 5º edição, nos dias 1 e 2 de setembro, no Parque do Utinga, terá o número de passeios ampliados com a aquisição de mais uma bicicleta, totalizando seis. Ao todo serão realizados 25 passeios, com duração de 45 minutos cada.

O projeto teve início a partir da experiência familiar de um dos idealizadores. Os passeios permitem o contato com a natureza e momentos de descontração ao ar livre. Porém, os benefícios são ainda maiores para quem possui uma rotina geralmente restrita ao ambiente doméstico, como é o caso de pessoas com deficiência ou idosos com alguma dificuldade de locomoção.

Inscrições online no endereço: https://goo.gl/forms/aOCgZWl6j9l1RA1K3

Desde a sua edição teste, no mês de junho, com três bicicletas, até agora, o Ponto de Apoio já atendeu cerca de 100 pessoas. E com a ajuda de apoiadores, o projeto cresceu e conta agora com seis bicicletas para passeio, sendo uma reserva. O financiamento coletivo para adquirir mais bicicletas para o projeto continua aberto. Para colaborar é só acessar: https://benfeitoria.com/pontodeapoio

Enquanto aguardam, os familiares e cuidadores têm ainda a oportunidade de conversar com profissionais de saúde de diversas áreas, como terapia ocupacional, fonoaudiologia, fisioterapia, entre outros, para receber dicas, orientações e trocar experiências com outras pessoas.

Os benefícios com o projeto são vários. Além dos diretamente atendidos, pessoas com deficiência e idosos, os familiares também ganham um dia fora da rotina domiciliar. Os voluntários que conduzem as bicicletas, além de momentos de interação e aprendizado com as pessoas que são conduzidas, ainda praticam exercício com as bicicletas. E, para os frequentadores do Parque do Utinga, fica ainda a lição de que o espaço público pode e deve ser compartilhado por todos, com respeito e inclusão.

Para se cadastrar como voluntário, basta preencher o cadastro:  https://goo.gl/forms/ULWDeNXFBH3idwD03

Bicicletas exclusivas - As bicicletas são exclusivas e artesanais, fabricadas manualmente pelo holandês Robin Van Der Veen, que mora no Pará há mais de um ano. Da sua terra natal, o “Gringo”, como é chamado, trouxe a experiência em fabricar bicicletas, já que

A pintura das bicicletas, nas cores vermelha e branca, foram inspiradas na clássica “roupagem” da Esquadrilha da Fumaça dos anos 1980 e 1990, da Força Aérea Brasileira. A Esquadrilha é conhecida pela ousadia, determinação e superação de desafios e das habilidades humanas. E sempre foi uma das paixões do irmão de um dos idealizadores do projeto. Além disso, remetem às cores da bandeira do Pará, onde o projeto surge e começa a dar suas primeiras pedaladas.

Serviço: 5º edição do projeto Ponto de Apoio. Dias 1 e 2 de setembro, no Parque do Utinga, em Belém, das 7h30 às 11h30. Inscrições antecipadas pelo site: https://goo.gl/forms/aOCgZWl6j9l1RA1K3 (Cadastro também na hora).

Nenhum comentário