Últimas Notícias

Festa marca a conclusão da primeira etapa de revitalização

Festa marca a conclusão da primeira etapa de revitalização do Forte Pauxis em Óbidos
O Programa de Aceleração do Crescimento das Cidades Históricas, patrocinado pelo Ministério da Cultura, foi lançado em 2009, e tinha como objetivo restaurar e conservar o que sobrou de patrimônio histórico brasileiro. O Programa investiu cerca de R$ 850 milhões em 173 cidades históricas, com obras de requalificação urbanística, infraestrutura urbana, financiamento para recuperação de imóveis privados, restauração de monumentos do patrimônio cultural.

Entre as cidades, Óbidos foi beneficiada com a restauração do Forte Pauxis que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aprovou o projeto, numa indicação da superintendência regional para entrar no programa PAC Cidades Históricas.
Percorrido todos os trâmites burocráticos, a obra foi iniciada em 15/08/2011 e segundo as informações constantes nas placas que existiam em frente ao prédio, a obra de restauração do Forte Pauxis, seria investido R$ 2.274.586,50 (Dois milhões, duzentos e setenta e quatro mil reais e cinquenta centavos), cuja empresa responsável pela obra é a Artemil. A previsão de entrega era para o dia 11/02/2012, entretanto, até hoje não foi concluída.

A obra de restauração, restauração e requalificação do Forte Pauxis é um convênio entre o Governo Federal, através do IPHAN e a Prefeitura Municipal de Óbidos, entretanto a Prefeitura de Óbidos, a época, não cumpriu com a contrapartida, motivo pela paralização da reforma. Desde então, a obra abandonada foi se deteriorando e o que já havia sido feito estava sendo depredada.

Em março de 2017, a população, entidades como a Associação Cultural Obidense, Academia Artística e Literária de Óbidos, que tem a frente o Jornalista Ronaldo Brasiliense, a Prefeitura de Óbidos, através da Secretaria de Cultura, que tem a frente Eduardo Dias e vários outros colaboradores, resolveram intervir e preservar o trabalho que já havia sido feito há 05 anos e revitalizar o Forte Pauxis, para não deixar esse monumento histórico, que marcou a fundação da Cidade de Óbidos, se deteriorasse por completo.
Assim, a mobilização surtiu efeito, mesmo contrariando interesse de pessoas que fizeram denúncia ao Ipham sobre a obra, e nesta quinta-feira, dia 19, registramos algumas imagens que mostram o resultado de muito esforço da população obidense, que teve a frente Ronaldo Brasiliense, e que neste sábado, dia 21, promoveu uma festa no Forte Pauxis, para comemorar a conquista e angariar recursos para continuar o trabalho de revitalização do Forte Pauxis.

Para se ter uma ideia do que foi feito no Forte Pauxis, estamos publicando algumas imagens que mostram  como o Forte se encontrava e como está atualmente.

Tombamento

O Ministério da Cultura homologou no dia 4 de dezembro de 2017, o tombamento de fortificações em quatro estados, sendo três na Amazônia Legal e um no Centro Oeste. No Pará, foi tombado o Forte Pauxis e a Fortaleza General Gurjão, em Óbidos.

 Fonte:
www.obidos.net.br 

Nenhum comentário