Últimas Notícias

Feira do Ver-o-Peso recebe visita da princesa Mako, do Japão

Feira do Ver-o-Peso recebe visita da princesa Mako, do Japão
Foi de uma unanimidade completa os elogios dirigidos à princesa Mako, do Japão, pelos trabalhadores e frequentadores da feira do Ver-o-Peso, um dos principais cartões postais de Belém. A princesa visitou a feira, na manhã deste sábado, 28, como parte da programação das comemorações pelos 110 anos da imigração japonesa no Brasil.

Com cinco minutos de antecedência, a princesa e sua comitiva chegaram ao Mercado de Peixe, onde a visita começou. Todos foram recebidos por integrantes do cerimonial da Prefeitura de Belém, e pelo titular da Secretaria Municipal de Economia (Secon), Mário Freitas, que representou o prefeito Zenaldo Coutinho na visitação.
Para o secretário, a visita da princesa reforça os vínculos culturais e econômicos entre o Pará e o Japão. “Estamos felizes de ter recebido a visita da princesa Mako e isso é importante para que ela conheça um pouco da nossa cidade e desta feira”, disse Mário Freitas.

Simpatia - Sempre muito simpática, a princesa arrancou elogios e sorrisos. Muitos falaram: “Ah! a princesa sorriu pra mim”. “Como ela é linda. Parece uma boneca. Vou contar em casa que eu vi uma princesa no Ver-o-Peso”, elogiou Raimundo Castro, que estava fazendo compras no mercado.

A princesa percorreu todo o espaço e prestou muita atenção às explicações que lhe eram repassadas. O grupo de carimbó Mistura Regional se apresentou novamente à princesa, desta vez, dentro do Mercado de Peixe.

Segundo Nelson Forte, chefe do cerimonial da Prefeitura e Belém, que acompanhou a princesa e passou a ela as informações sobre o mercado e adjacências, por meio de um intérprete, Mako mostrou muito interesse sobre a alimentação dos paraenses. “A princesa se mostrou surpresa quando foi informada e viu que o açaí é uma fruta. Ela só conhece o suco, mas nunca havia visto os caroços da fruta. Quando ela recebeu um prato de cerâmica, fez várias perguntas sobre o nosso artesanato”, contou Nelson.

Exotismo - A princesa demorou um pouco mais em uma barraca que vende frutas exóticas, na parte externa atrás do Mercado de Peixe, na qual ganhou um ouriço de castanha-do-Pará da proprietária do local.

Mako também demorou mais um pouco para ouvir as explicações e conhecer a maniva cozida e soube como é feita a maniçoba. A comitiva também passou pelas barracas de polpas de frutas e as que vendem artesanato. Tudo que via, a princesa pedia explicações, sempre mostrando grande interesse.

A parte mais bem-humorada da visita foi no setor das barracas de ervas. A princesa se espantou com a diversidade das ervas e perguntou sobre a destinação delas. Dona Coló, uma das erveiras mais famosas do Ver-o-Peso recebeu a princesa com sua costumeira alegria e a presenteou com um prato de cerâmica, pintado com referências ao Brasil e ao Japão. O objeto foi confeccionado no Liceu Escola Mestre Raimundo Cardoso, localizado no distrito de Icoaraci.

“Ela foi muito simpática. Parece uma boneca de tão linda que é. Fizemos fotos e essa foto vai ficar no meu mural, aqui na feira, que tem muitas fotografias das pessoas que vêm aqui comigo”, disse a erveira.

Estrutura - A Prefeitura de Belém ultimou vários detalhes para que a visita da princesa Mako e sua comitiva fosse muito bem sucedida.

Além de contar com apoio de servidores da Secon e do cerimonial da Prefeitura, na organização, a segurança de todos foi garantida por uma escala especial da Guarda Municipal de Belém (GMB), com 38 guardas, seis motocicletas e três viaturas. Agentes da Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) garantiram o ordenamento do trânsito às proximidades da feira.  

A princesa Mako chegou ao Brasil no dia 18 deste mês, no Rio de Janeiro, e fez visitas a cidades do Paraná, São Paulo e Amazonas. No Pará, que abriga a terceira maior colônia japonesa no Brasil, ela esteve em Belém e Tomé-Açu. A princesa retorna ao Japão, neste sábado, à noite.

Por Dedé Mesquita
Fonte:Agência Belém

Nenhum comentário